Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45402
Title in Portuguese: Co-seleção de resistência a antimicrobianos induzida por exposição a pesticidas em bactérias ambientais
Author: Ribeiro, Álef Vasconcelos
Advisor(s): Sousa, Oscarina Viana de
Co-advisor(s): Carvalho, Fátima Cristiane Teles de
Keywords: Agrotóxicos
Antibióticos
Agroquímicos
Produtos químicos agrícolas
Issue Date: 2019
Publisher: Instituto de Ciências do Mar (LABOMAR)
Citation: RIBEIRO, Álef Vasconcelos. Co-seleção de resistência a antimicrobianos induzida por exposição a pesticidas em bactérias ambientais. 2019. 70 f. TCC (Graduação em Ciências Ambientais) – Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: A preocupação com a presença de agrotóxicos no ambiente é tão antiga quanto a introdução dessas substâncias no controle de pragas e doenças que afetam a produção agrícola. O uso de defensivos agrícolas no meio rural brasileiro vem trazendo uma série de consequências, tanto para o ambiente, quanto para a saúde do trabalhador rural. Estudos mostram que microrganismos expostos aos agrotóxicos são submetidos à pressão seletiva, desenvolvendo resistência a esses compostos e também a alguns antimicrobianos, em um fenômeno conhecido como “resistência cruzada”. O objetivo deste trabalho foi detectar in vitro o fenômeno de indução da expressão de resistência a antibióticos em bactérias após exposição a diferentes concentrações dos herbicidas atrazina e glifosato. Para tal, foi realizada exposição in vitro aos herbicidas e, após isso, realizado teste de antibiograma com exposição e sem exposição aos agrotóxicos. Os resultados mostraram que houve uma variação no perfil de resposta das bactérias após exposição aos herbicidas. Determinou-se antibióticos que apresentam a resistência cruzada com os agrotóxicos utilizados. Além disso, tanto a ação da atrazina, quanto do glifosato desencadearam um alto índice de resistência, principalmente aos antibióticos pertencentes ao grupo de inibição da síntese de parede celular: Ampicilina e Penicilina. O índice de múltipla resistência mostrou bactérias resistentes até três antibióticos diferentes.
Abstract: The concern with the presence of pesticides in the environment is as old as the introduction of these substances in the control of pests and diseases that affect agricultural production. The use of agricultural defensives in the Brazilian countryside has brought a number of consequences, both for the environment and for the health of the rural worker. Studies show that microorganisms exposed to pesticides are subjected to a selective shock, developing resistance to some compounds and also some antimicrobials in a phenomenon known as "cross resistance". The aim of this work was to detect in vitro the phenomenon of induction of the expression of resistance to antibiotics in bacteria after exposure to different concentrations of the herbicides atrazine and glyphosate. For this purpose, it has been exposed in vitro to herbicides and subjected to an antibiogram test with exposure and without exposure to pesticides. The results showed a variation in the profile of response from exposure to herbicides. Certain antibiotics presented cross-resistance with the pesticides used. In addition, both the action of atrazine and glyphosate triggered a high resistance index, mainly to the antibiotics, components of the cell wall synthesis inhibition group: ampicillin and penicillin. The multiple resistance index showed bactéria resistant to up to three different antibiotics.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45402
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS AMBIENTAIS - TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tcc_avribeiro.pdf2,67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.