Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45356
Title in Portuguese: Tempo de transformação: a religiosidade em trajetórias de jovens universitários sem religião
Author: Ribeiro, Iago Rodrigues
Advisor(s): Paulino, Antonio George Lopes
Keywords: Juventude
Religão
Autonomia
Issue Date: 2018
Citation: RIBEIRO, Iago Rodrigues. Tempo de transformação: a religiosidade em trajetórias de jovens universitários sem religião. 2018. 121f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Humanidades, Programa de Pós-graduação em Sociologia, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Este trabalho versa sobre a construção da subjetividade de jovens que se definem como ‘sem religião’ em Fortaleza. É um esforço para perceber os muitos sentidos que o religioso pode abranger na sociedade contemporânea, incluindo formas de crer e de não crer, procurando explorar aspectos importantes das trajetórias dos interlocutores. O texto se apoia em entrevistas realizadas entre jovens, homens e mulheres fortalezenses que estudam no Centro de Humanidades da Universidade Federal do Ceará e que se compreendem como pessoas sem vinculação a instituições religiosas. O trabalho problematiza formas plurais de construção das identidades religiosas, considerando a juventude como uma categoria construída socialmente e como um momento geracional marcado pela possibilidade de elaborar diversos comportamentos que podem ter relevância na formação da subjetividade do indivíduo. A análise mostra como uma identidade contrastiva ao religioso se funda em outros valores, como experimentação, autonomia, liberdade sexual, igualdade. Discuto sobre temas como religião e seu caráter de dispositivo de controle, pluralismo religioso e secularismo, a partir de relatos orais de participantes de redes de sociabilidade situadas no Centro de Humanidades da Universidade Federal do Ceará – localizado no bairro Benfica, na cidade de Fortaleza. A partir dessa reflexão, busco instigar questionamentos acerca da dimensão religiosa na sociedade contemporânea, no sentido de compreender como sua presença é relevante na dinâmica social e no espaço público.
Abstract: This work verses about the construction of subjectivity of young people that define themselves as “without religion” in Fortaleza. It is an effort to note the several meanings that the religious can cover in contemporary society, including manners of believe and non-believe, seeking to explore important aspects of the interlocutor´s trajectory. The text is supported by interviews conducted among young people, men and women from Fortaleza that study in the Center of Humanities of the Federal University of Ceará and that comprehend themselves as without religious bond. This work questions plural forms of religious identity construction, considering youth as a category socially constructed and as generational moment marked by the possibility of elaborating a number of behaviors that can be relevant in the formation of the individual subjectivity. The analysis shows how an contrastive identity to religious can ground itself in other values, such as experimentation, autonomy, sexual liberty, equality. I discuss about themes like religion and it´s control device nature, religious pluralism and secularism, coming from oral reports of participants of a sociability network situated in the Center of Humanities of the Federal University of Ceará – located in the Benfica district, in the city of Fortaleza. Coming from this reflection, I seek to instigate questionings about the religious dimension in the contemporary society, with the intention of comprehend how it´s presence is relevant in the social dynamic and in the public space.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45356
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGS - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_irribeiro.pdf1,24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.