Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45028
Title in Portuguese: Casa ou dinheiro? Modelos de decisão de famílias em áreas de risco
Author: Matos Filho, Eduardo de Souza
Advisor(s): Soares, Ricardo Brito
Keywords: Ocupações irregulares
Modelo de decisão
Requalificação Urbana
Programa Minha Casa Minha Vida
Logit
Issue Date: 2019
Citation: MATOS FILHO, Eduardo de Souza. Casa ou dinheiro? Modelos de decisão de famílias em áreas de risco. 2019. 28 f. - Dissertação (Mestrado em Economia do Setor Público) - Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade - FEAAC, Programa de Economia Profissional - PEP, Universidade Federal do Ceará - UFC, Fortaleza (CE), 2019.
Abstract in Portuguese: O Governo do Estado do Ceará, como estratégia de requalificação urbana e melhoria das condições de habitabilidade da população residente em áreas de risco em Fortaleza, realiza a retirada de famílias que habitam as áreas alagáveis às margens do Rio Cocó, oferecendo-lhes unidades habitacionais de Residenciais do Programa Minha Casa Minha Vida ou indenizações pelas benfeitorias desapropriadas, conforme a opção de cada uma delas. Nesta pesquisa, buscou-se investigar, de forma exploratória, quais fatores podem influenciar na tomada de decisão por benefício, sendo os mesmos relacionados à características dos imóveis oferecidos, do imóvel ocupado, e da própria família. Para tanto, foram empregados dados oriundos do relatório do Programa de Melhoras Urbana e Ambiental do Rio Cocó, juntamente com Trabalho Técnico Social Projeto Rio Cocó, de modo a serem analisados por meio de modelos de regressão de resposta qualitativa (logit). Os resultados mostram que a lógica do melhor retorno financeiro por si só não define com tanta regularidade o comportamento do usuário, uma vez que esse, em diversas ocasiões, ele toma decisões que desafiam essa lógica. Valores afetivos atribuídos a imóveis com melhor padrão construtivo pareceram influenciar na escolha de benefício. Nota-se que a maior preferência por Unidades Habitacionais ocorre por usuários do gênero feminino, sem vínculo de união estável e habitantes de imóveis de baixo padrão construtivo. Essa preferência também tende a crescer conforme maior for a distância para o Residencial José Euclides e menor for a distância para o Residencial Cidade Jardim.
Abstract: The Government of the State of Ceará has sought to remove the population from flooded areas, offering them housing units built by the program “Minha Casa Minha Vida” from the Federal Government or compensation in cash, according to the option of each family. We sought to investigate, in an exploratory way, what factors influence the decision making of a family, related to the characteristics of the property offered, of the removed property, and of the family itself. To this end, data from the report of the Rio Cocó Urban and Environmental Improvement Program, together with the Rio Cocó Social Technical Work report, were analyzed using qualitative response regression models (logit). The results show that the logic of the best financial return alone does not regularly define user behavior, as users often make decisions that challenge this logic. Affective values attributed to better built properties seemed to influence the choice of benefit. It is noted that the highest preference for Housing Units occurs by female users, without stable union bond and inhabitants of low constructive real estate. This preference also tends to grow as the distance to Residencial José Euclides increases and the smaller the distance to Residencial Cidade Jardim.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45028
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_esmatosfilho.pdf466,55 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.