Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/44784
Title in Portuguese: Prospecção de bactérias na microbiota de solos com capacidade de produção de energia
Author: Oliveira, Régia Leiliana Souza
Advisor(s): Sousa, Oscarina Viana de
Keywords: Energia elétrica
Microrganismo
Ciências ambientais
Issue Date: 2019
Publisher: Instituto de Ciências do Mar
Citation: OLIVEIRA, Régia Leiliana Souza. Prospecção de bactérias na microbiota de solos com capacidade de produção de energia.2019. 64 f. TCC - Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Ambientais) – Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: A busca por meios de energia sustentável, tem aumentado nas últimas décadas, objetivando diminuir os impactos causados no processo produtivo e ainda, na destinação incorreta de resíduos, como os gerados por pilhas e baterias. A demanda destas fontes de energia é muito alta, visto o acelerado desenvolvimento tecnológico, e assim, são facilmente substituídas, já que seu tempo de vida útil é curto, sendo descartados rapidamente. Quando estes materiais são dispostos de forma incorreta, geram uma série de problemas ambientais e riscos para a saúde humana, por serem considerados tóxicos, já que são compostos de metais pesados. Diante disto, o desenvolvimento de alternativas biotecnológicas sustentáveis que utilizam microrganismos para produção de energia, permitem a substituição de pilhas e baterias, reduzindo a geração desses resíduos, bem como, os problemas ambientais causados pelos mesmos. Esse trabalho teve por objetivo a análise do potencial energético de bactérias do solo do Manguezal e do Semiárido, através da construção de um sistema de biobateria, composto por consórcios bacterianos. A partir das amostras de solo dos diferentes ecossistemas, foram selecionadas estirpes de quatro grupos bacterianos, sendo 10 bactérias catódicas do Manguezal (Mcat), 10 anódicas do Manguezal (Man), 10 catódicas do Semiárido (Scat) e 10 anódicas do Semiárido (San), totalizando 40 estirpes bacterianas. As estirpes foram submetidas à coloração de gram, teste de aderência em vidro, teste de produção de gás em placa e teste de antagonismo bacteriano. A construção dos consórcios bacterianos para a montagem do sistema, se deu por meio dos resultados dos testes de antagonismo e de aderência em vidro. Foram eleitos quatro consórcios, um de cada grupo bacteriano, para compor o sistema de biobateria. Os resultados mostram que as bactérias apresentaram capacidade de produção de energia, mas ainda são necessários mais estudos e experimentos laboratoriais para otimizar e estabilizar a produção. Palavras
Abstract: The search for sustainable energy means has increased in the last decades, aiming to reduce the impacts caused in the production process and also, in the incorrect destination of waste, among these, are the batteries. The demand for these energy sources is very high, given the accelerated technological development, and thus, they are easily replaced, since their useful life is short, being discarded quickly. When these materials are incorrectly disposed, they generate a series of environmental problems and risks to human health, since they are considered toxic composed of heavy metals. Therefore, the development of sustainable biotechnological alternatives that use microorganisms for energy production, allows to solve the problems of efficiency, avoiding the generation of these residues, as well as the environmental problems caused by them. The objective of this work was to analyze the energy potential of soil bacteria from the Mangrove and Semi - arid, through the construction of the biobattery system, composed of bacterial consortia. Strains of four bacterial groups were used: 10 cathodic bacteria from the Manguezal (Mcat), 10 anode Manguezal (Man), 10 cathodic from the Semi-Arid (Scat) and 10 anodic from the Semi-Arid (San), totalizing 40 bacterial strains. The strains were subjected to gram staining, glass adhesion test, plaque gas test and bacterial antagonism test, as criteria for the formation of microbial consortia. The construction of the bacterial consortiums for the assembly of the system was done by means of the previous results of the test of antagonism and test of adhesion in glass. Four consortia were chosen, one from each bacterial group, to compose the biobattery system. The results show that the bacteria presented capacity of energy production, but more studies and laboratory experiments are still needed to optimize the production.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/44784
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS AMBIENTAIS - TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tcc_rlsoliveira.pdf1,69 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.