Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/44694
Title in Portuguese: O efeito da instrução explícita de sândis externos da língua inglesa no desenvolvimento da percepção auditiva de aprendizes brasileiros
Author: Mendes, Thiago Ribeiro
Advisor(s): Lima Júnior, Ronaldo Mangueira
Keywords: Instrução Explícita
Percepção Auditiva
Sândis
Issue Date: 2018
Citation: MENDES, Thiago Ribeiro. O efeito da instrução explícita de sândis externos da língua inglesa no desenvolvimento da percepção auditiva de aprendizes brasileiros. 2018. 168f - Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2018.
Abstract in Portuguese: Esta pesquisa tem por objetivo analisar o efeito do ensino explícito dos sândis do inglês para aprendizes brasileiros de inglês como língua estrangeira. O estudo toma como perspectiva o ensino de sândis à luz da Fonologia de Uso e seu modelo representacional, a Teoria de Exemplares, bem como o Ensino Explícito (BYBEE, 2001; ELLIS, 2009; JOHNSON, 1997; SILVA; GOMES, 2016). Propõe-se um estudo qualitativo-quantitativo de grupos de aprendizes de inglês, de níveis básicos e intermediários: dois grupos experimentais, que receberam instrução explícita, e dois grupos-controle. Para a composição do corpus da pesquisa, foi utilizado um teste piloto e, logo após, uma pesquisa com dados oficiais, que consistiu em um teste de percepção contendo ocorrências de elisão e demais tipos de sândis. Para este fim, aplicamos um pré-teste, intervenções e um pós-teste com as turmas experimentais, avaliando o desenvolvimento dos grupos que passaram pela instrução e comparou-se esses resultados com os das turmas-controle. As intervenções foram fundamentadas por aulas expositivas e diretas que ensinavam os aspectos fonológicos da língua inglesa, e prática controlada com os grupos experimentais de aprendizes. Os resultados do grupo do segundo semestre (SII), por exemplo, mostraram-se positivos nos dados oficiais quando, nos grupos experimentais, demonstraram um aumento, por exemplo, na percepção do sândi tipo elisão de /d/ em contexto intervocálico como exemplificado em should be [ʃubi]. No pré-teste tivemos um rendimento de 18,18% no item a da questão um. Após o período de intervenções e aplicação do pós-teste a margem de percepção do grupo subiu para 27,27%. O o grupo-controle SII, tanto no pré-teste quanto no pós-teste, permaneceu com uma média de 16,67% de acertos, enquanto o grupo experimental SII demonstrou uma considerável melhora. O mesmo pode ser dito para o grupo-experimental de quarto semestre (SVII), quanto à percepção da elisão de /h/ no contexto intervocálico de let him go [letim]. Comparado com o pré-teste na turma experimental (cujo rendimento foi de 0%), houve uma elevação nos resultados do pós-teste (cujo percentual foi de 33,33%). Conclui-se que o ensino explícito dos sândis permitiu aos alunos uma melhor percepção auditiva, pois lhes apresentou aspectos mais específicos de pronúncia em contextos suprassegmentais. Os aprendizes internalizam, por intermédio da metalinguagem, o fato de que as palavras podem perder sons, serem geminadas, modificadas, colocadas juntas e, pela prática guiada, podem ficar mais bem preparados para percebê-las auditivamente.
Abstract: The aim of this work is to analyse the effect of explicit teaching of sandhis in English for Brazilian students of English as a foreign language. This study has, as its perspective approach, the teaching of sandhis according to Phonology of Use and its representational template, the Exemplar Theory, along with Explicit Instruction (BYBEE, 2001; ELLIS, 2009; JOHNSON, 1997; SILVA; GOMES, 2016). This research proposes a quali-quanti study of groups of English learners, from both basic and intermediate levels, in which there are two experimental groups, who had received explicit instruction, and two control-groups. In order to raise the corpus of this work, we applied a pilot test and, right after, an official research that consisted in a perception task in which there where occurrences of elision and other kinds of sandhis. For that purpose, a pre-test, interventions and a post-test were applied with the experimental classes, checking the development of the groups that went through the instruction method and, on the other hand, comparing these results with the control classes. The interventions were grounded on expositive and straight classes that taught the English language’s phonological aspects – the sandhis – and controlled technique with the learners’ experimental groups. The results of the SII group, for example, had showed to be positive on the official data, when, with the experimental classes, demonstrated an enhancement e.g. on the perception of the elision sandhi of /d/ on an intervocalic context, like shoud be [ʃubi]. On the pre-test we had an outcome of 18,18% on the a item from the first question. After the intervention period and post-test application, the class perception has risen to 27,27%. When we compare the SII both control and experimental classes, the control group SII, on the pretest as well as on the post-test, remained with a rate of 16,67%, whereas, like said before, the experimental class presented a considerable betterment. The same is told to the SVII experimental class, regarding to the perception of the elision of /h/ on the intervocalic context of let him go [letim]. When compared to the pre-test on the experimental class (whose outcome was 0%) has an increase on the post-test results (whose percentage was 33,33%). It can be concluded that the explicit teaching of sandals allowed students to have a better auditory perception, as it presented them with more specific aspects of pronunciation in suprasegmental contexts. Learners internalize, through metalanguage, the fact that words can lose sounds, be twinned, modified, put together, and by guided practice they can be better prepared to hear them.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/44694
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_trmendes.pdf1,86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.