Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/44160
Title in Portuguese: No cotidiano das práticas: as identidades culturais como modo de pensar a organização de movimentos como o MST
Author: Ferreira, Camila Chaves
Keywords: Estática e dinâmica (Ciências sociais)
Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (Brasil)
Pesquisa & reflexão
Issue Date: 2011
Publisher: Intercom
Citation: FERREIRA, Camila Chaves. No cotidiano das práticas: as identidades culturais como modo de pensar a organização de movimentos como o MST. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 34., 2-6 set. 2011, Recife. Anais... São Paulo: Intercom, 2011.
Abstract in Portuguese: As constantes disputas pelo fazer-se ver, atreladas às dinâmicas econômicas, sociais e políticas por que passam as sociedades, têm apresentado aos movimentos sociais a necessidade de repensar práticas diante da tarefa de mobilizar. Neste cenário, a Comunicação, que já não mais cabe ser pensada somente sob uma ótica estritamente instrumental, é em potencial uma chave para o entendimento de problemas relativos à visibilidade ou representação, bem como à capacidade ou incapacidade desses sujeitos de dialogar. Assim, este artigo consiste em uma reflexão teórica sobre o conceito de identidades culturais proposto por Stuart Hall com o propósito de compreender de que modo a importância atribuída a esta questão por movimentos sociais como o dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) é manifestada em suas práticas cotidianas.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/44160
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 2175 4683
Appears in Collections:PPGCOM - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_eve_ccferreira.pdf112,44 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.