Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/44157
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBezerra, Roselane Gomes-
dc.contributor.authorBarros, Paulo Henrique da Silva-
dc.date.accessioned2019-07-26T10:54:51Z-
dc.date.available2019-07-26T10:54:51Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.citationBARROS, Paulo Henrique da Silva. O Programa Minha Casa Minha Vida: narrativas de moradores como instrumento de análise de uma política pública – um estudo a partir do Residencial Complexo dos Escritores, Fortaleza-CE. 2019. 77f. - Monografia (Graduação em Gestão de Políticas Públicas) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Curso de Graduação em Gestão de Políticas Públicas, Fortaleza, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/44157-
dc.description.abstractThe Minha Casa Minha Vida Program (MCMVP) was launched in 2009 with the objective of assisting low-income families in the purchase of their homes, registered in the Cadastro Único, facilitating financing through reduced benefits, and is currently the main Brazilian government policy of reducing the housing deficit. This paper aimed to analyze the Minha Casa Minha Vida Program from the experience of the residents of the Residential Complex of Writers Paupina neighborhood. To achieve this goal, the following specific objectives were defined: report on the history of the Minha Casa Minha Vida Program in the national to the municipal context; understand the process of implementation of Residential Complex Writers in the view of residents; and investigate whether the Program was satisfactory to residents. To answer the proposed objectives, semi-structured interviews were conducted with residents of the Residential, Field Diary and photographs of the space, as well as the researcher's report on the locus of the study. For data analysis, discourse analysis was used. As a result, it can be observed that the vast majority of respondents are satisfied with their new housing, being the main positive factors, the opportunity provided to the population to live in houses with adequate infrastructure and basic sanitation, removing them from rent. However, the negative factors found are: the distance from the residential in relation to the central neighborhoods of Fortaleza, the absence of schools, health centers, leisure spaces and especially the lack of policing. After the analysis, it was found that the policy was satisfactory by most beneficiaries.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectHabitaçãopt_BR
dc.subjectPolíticas públicaspt_BR
dc.subjectResidencial complexo dos escritorespt_BR
dc.subjectPrograma Minha Casa Minha Vidapt_BR
dc.titleO Programa Minha Casa Minha Vida: narrativas de moradores como instrumento de análise de uma política pública – um estudo a partir do Residencial Complexo dos Escritores, Fortaleza-CEpt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.description.abstract-ptbrO Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV) foi lançado no ano de 2009 com o objetivo auxiliar famílias de baixa renda na compra da casa própria, inscritas no Cadastro Único, facilitando o financiamento por meio de prestações reduzidas, constituindo-se atualmente na principal política governamental brasileira de redução do déficit habitacional. Buscou-se neste trabalho analisar o Programa Minha Casa Minha Vida a partir da vivência dos moradores do Residencial Complexo dos Escritores do bairro Paupina. Para atingir tal objetivo, foram definidos os seguintes objetivos específicos: relatar sobre o histórico do Programa Minha Casa Minha Vida no contexto nacional até o municipal; compreender o processo de implementação do Residencial Complexo dos Escritores na visão dos moradores; e investigar se o Programa foi satisfatório para os moradores. Para responder os objetivos propostos, realizou-se entrevistas semiestruturadas com moradores do Residencial, Diário de Campo e fotografias do espaço, além do relato de vivência do pesquisador no lócus do estudo. Para análise de dados, utilizou-se a Análise de Discurso. Como resultados, pode-se observar que a grande maioria dos entrevistados estão satisfeitos com suas novas moradias, sendo os principais fatores positivos, a oportunidade proporcionada a população de morar em casas com infraestrutura e saneamento básico adequados, retirando-as do aluguel. Porém, quanto aos fatores negativos encontrados estão: o distanciamento do residencial em relação aos bairros centrais de Fortaleza, a ausência de escolas, postos de saúde, espaços de lazer e principalmente a falta de policiamento. Após realizado a Análise foi constatado que a política foi satisfatória pela maioria dos beneficiários.pt_BR
Appears in Collections:GESTÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tcc_phsbarros.pdf3,98 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.