Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43789
Title in Portuguese: Extrato hidroetanólico de folhas de Senna pendula como inibidor de corrosão do aço carbono 1020
Author: Sousa, Natalia Gomes
Advisor(s): Correia, Adriana Nunes
Keywords: Senna pendula
Eletroquímica
Inibidor de corrosão
Espectroscopia de impedância eletroquímica
Issue Date: 2019
Citation: SOUSA, Natalia Gomes. Extrato hidroetanólico de folhas de Senna pendula como inibidor de corrosão do aço carbono 1020. 2019. 38 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química Bacharelado) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência do extrato hidroetanólico (10% v/v) de folhas de Senna pendula, que contêm compostos antioxidantes pertencentes às classes de flavonoides e antraquinonas, na inibição da corrosão do aço carbono 1020 (1,96 cm2) em meio de HCl 0,5 mol L−1. Para esse estudo, foram realizados ensaios de perda de massa em 500 ppm de extrato e utilizou-se técnicas eletroquímicas de polarização potenciodinâmica linear (PPL) e espectroscopia de impedância eletroquímica (EIE) nas concentrações 0, 500, 1000 e 2000 ppm. Nos ensaios de perda de massa, os tempos de imersão foram 0,5; 1 e 24 horas. Os resultados de eficiência de inibição foram 54,3; 54,4 e 80,1%, respectivamente. Os resultados da curva de PPL mostraram que com o aumento da concentração houve uma queda na eficiência de corrosão, de 80,1 a 21,3% para 500 e 2000 ppm, respectivamente. Nos ensaios de EIE, a eficiência aumentou proporcionalmente ao aumento da concentração apresentando um valor máximo de 97,1% para 2000 ppm, comprovando que a Senna pendula é um potencial inibidor.
Abstract: The present study aimed to evaluate the efficiency of the hydroethanolic extract (10% v/v) of Senna pendula leaves, which contain antioxidant compounds belonging to the flavonoid and anthraquinone classes, in inhibiting the corrosion of carbon steel 1020 (1.96 cm2) in 0.5 mol L-1 HCl medium. For this study, mass loss tests were performed in 500 ppm of extract and electrochemical techniques of linear potentiodynamic polarization (PPL) and electrochemical impedance spectroscopy (EIE) were used in concentrations of 0, 500, 1000 and 2000 ppm. In the mass loss tests, the immersion times were 0.5, 1 and 24 hours. The inhibition efficiency results were 54.3, 54.4 and 80.1%, respectively. The results of the PPL curve showed that with the increase in concentration there was a decrease in the corrosion efficiency, from 80.1 to 21.3% for 500 and 2000 ppm, respectively. In the IEE tests, the efficiency increased proportionally to the increase of the concentration presenting a maximum value of 97.1% for 2000 ppm, proving that Senna pendula is an inhibiting potential.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43789
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:QUÍMICA - BACHARELADO - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tcc_ngsousa.pdf451,59 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.