Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43728
Title in Portuguese: Percepção ambiental como subsídio para a gestão costeira da Praia da Taíba, Ceará (Brasil)
Author: Nobre, Lucas Ricardo Ferreira
Advisor(s): Matos, Fábio de Oliveira
Keywords: Percepção Ambiental
Planejamento Ambiental
Gestão Costeira
Issue Date: 2019
Publisher: Instituto de Ciências do Mar (Labomar)
Citation: NOBRE, Lucas Ricardo Ferreira. Percepção ambiental como subsídio para a gestão costeira da Praia da Taíba, Ceará (Brasil). 2019. 84 f. Monografia (Graduação em Ciências Ambientais), Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: A zona costeira é marcada como uma das áreas sob maior estresse ambiental em razão da disponibilidade de recursos naturais e localização estratégica para o estabelecimento das mais diversas atividades e assentamentos populacionais. Em função disso, os ambientes costeiros encontram-se no centro das discussões, tendo em vista a urgência de se planejar as formas de uso e ocupação dessa espacialidade com vistas a salvaguardar os atributos ambientais e garantir o bem-estar das comunidades litorâneas. Nesse contexto, observa-se a Praia da Taíba, distrito de São Gonçalo do Amarante (Ceará), que tendo em vista seus condicionantes ambientais, tornou-se um polo de atração turística, provocando um processo de expansão urbana desordenada cujos efeitos são percebidos na espacialidade. Assim, este trabalho tem como objetivo analisar a percepção ambiental dos moradores e frequentadores com fins de proporcionar subsídios para a gestão costeira na Taíba. Para tanto, os procedimentos metodológicos consistiram em uma abordagem de cunho qualitativo e descritivo, no qual empreendeu a aplicação de questionários com os moradores e frequentadores da referida praia, a fim de constatar de que modo os entrevistados compreendem a realidade local. A partir dos dados obtidos, notou-se que a evolução da urbanização, motivada principalmente pelo incremento do turismo no distrito, ocorreu sem critérios de planejamento, podendo ser percebidas problemáticas socioambientais que são frutos da ausência de políticas de gestão urbana e ambiental da localidade, como: perda da qualidade da praia pelo sistema de esgotamento sanitário inacabado e descarte inadequado de resíduos sólidos, efeitos da erosão costeira, ocupação irregular do solo, descaracterização dos elementos naturais, e enfraquecimento do turismo. Nota-se que a percepção ambiental é uma metodologia chave para o fornecimento de bases para a compreensão dos fenômenos inerentes a Taíba e o envolvimento da comunidade na reflexão sobre sua ambiência. A proposta de uma gestão costeira integrada e participativa surge como uma oportunidade de pôr em prática os procedimentos necessários para a conservação do litoral bem como melhorar as condições da Praia da Taíba e a satisfação daqueles que moram e fazem utilização da mesma.
Abstract: The coastal zone is marked as one of the areas under greater environmental stress due to the availability of natural resources and strategic location for the establishment of the most diverse activities and population settlements. Because of this, coastal environments are at the heart of the discussions, in view of the urgency of planning the use and occupation of this spatiality in order to safeguard environmental attributes and guarantee the well-being of the coastal communities. In this context, Taíba Beach, in the district of São Gonçalo do Amarante (Ceará), is observed. Due to its environmental constraints, it has become a pole of tourist attraction, provoking a disordered urban expansion process whose effects are perceived in the spatiality. Thus, this study aims to analyze the environmental perception of residents and visitors with the purpose of providing subsidies for coastal management in Taíba. For this, the methodological procedures consisted of a qualitative and descriptive approach, in which the questionnaire was applied with the residents and visitors of said beach, in order to verify how the interviewees understood the local reality. From the data obtained, it was noticed that the evolution of urbanization, motivated mainly by the increase of the tourism in the district, occurred without planning criteria, being possible to be perceived socio-environmental problems that are fruit of the absence of urban and environmental management policies of the locality, such as: loss of beach quality by unfinished sewage system and inadequate disposal of solid waste, effects of coastal erosion, irregular land occupation, decharacterization of natural elements, and weakening of tourism. It is noted that environmental perception is a key methodology to provide a basis for understanding the phenomena inherent to Taiba and community involvement in reflecting on its environment. The proposal of an integrated and participative coastal management appears as an opportunity to put in practice the necessary procedures for the conservation of the coast as well as to improve the conditions of Taíba Beach and the satisfaction of those who live and make use of it.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43728
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS AMBIENTAIS - TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tcc_lrfnobre.pdfTCC - Lucas Ricardo Ferreira Nobre9,37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.