Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43645
Title in Portuguese: Efeito crônico da exposição por amônia no crescimento em peso e na sobrevivência de alevinos de tambaqui, Colossoma macropomum (CUVIER, 1818)
Author: Rocha, Rosangela Brindeiro da
Advisor(s): Costa, Francisco Hiran Farias
Keywords: Engenharia de pesca
Issue Date: 2006
Citation: ROCHA, Rosangela Brindeiro da. Efeito crônico da exposição por amônia no crescimento em peso e na sobrevivência de alevinos de tambaqui, Colossoma macropomum (CUVIER, 1818). 2006. 36 f. TCC (Graduação em Engenharia de Pesca)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2006.
Abstract in Portuguese: Neste trabalho, diferentes concentrações de amônia foram acrescentadas à água de cultivo de tambaqui, Colossoma macropomum. Os exemplares foram adquiridos do Centro de Pesquisas em Aqüicultura (CPAq/DNOCS), Pentecoste, Ceará, Brasil, onde foram selecionados quanto ao seu estado de saúde. Os alevinos foram transportados em caixas isotérmicas para o Laboratório de Aqüicultura do Departamento de Engenharia de Pesca (DEP/CCA/UFC), Fortaleza, Ceará, Brasil, onde foram aclimatados por um período de 14 dias, em tanques de 2.000 L. Foram selecionados 200 tambaquis, C. macropomum, com peso médio corpóreo inicial de 6,14 ± 0,06 g. Para o procedimento experimental, os tambaquis, C. macropomum, foram divididos em cinco grupos: grupo controle (ausência de amônia) e quatro tratamentos utilizando diferentes concentrações de nitrogênio na forma de nitrito (1,0, 2,0, 3,0 e 4,0 mg NATI-1). Para os grupos controle e tratamentos, utilizou-se quatro repetições com dez indivíduos por repetição. As repetições foram realizadas em aquários de 40 L com água doce e aeração constante. A taxa de renovação diária de água foi em torno de 50%. Uma solução estoque de cloreto de amônia (25 g de NH4 mgr') foi utilizada para ajustes diários das concentrações de amônia (NAT), durante os 30 dias de experimento. Os tambaquis, C. macropomum, foram alimentados 2 vezes ao dia, as 09:00 e as 14:00. A taxa de arraçoamento variou entre 8-10% do peso médio corpóreo e foi ajustada de acordo com a resposta alimentar dos tambaquis, C. macropomum, em cada aquário. Os restos alimentares e os excrementos eram sifonados depois da alimentação. No final do experimento foi feita uma pesagem para que fosse feita a análise estatística, onde não se verificou uma variância significativa para as taxas de crescimento (ganho de peso, ganho de peso diário, taxa de crescimento específico e sobrevivência) para as concentrações utilizadas.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43645
Appears in Collections:ENGENHARIA DE PESCA - Trabalhos Acadêmicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_tcc_rbrocha.pdf33,14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.