Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43598
Title in Portuguese: Avaliação da utilização do pessário vaginal na qualidade de vida de mulheres com prolapso de órgãos pélvicos atendidas em um ambulatório especializado
Author: Nogueira, Indyara Neri Dias Barbosa
Advisor(s): Vasconcelos, Camila Teixeira Moreira
Co-advisor(s): Gomes, Maria Laura Silva
Keywords: Prolapso de Órgão Pélvico
Ginecologia
Qualidade de Vida
Inquéritos e Questionários
Issue Date: 2019
Citation: NOGUEIRA, I. N. D. B. Avaliação da utilização do pessário vaginal na qualidade de vida de mulheres com prolapso de órgãos pélvicos atendidas em um ambulatório especializado. 2019. 50 f. Monografia (Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: O prolapso de órgãos pélvicos é uma condição ginecológica de alta prevalência, que promove impacto não somente nos aspectos clínicos como também atinge a esfera social e psicológica, influenciando na qualidade de vida das mulheres que possuem essa condição. O uso do pessário como tratamento conservador é uma alternativa que vem sendo bastante utilizada, visto que causa um impacto positivo, melhorando consideravelmente a qualidade de vida, restaurando a autoimagem e confiança, permitindo que as mulheres retomem suas atividades normais e assim aumentando sua satisfação geral com a vida. Esse estudo tem como objetivo avaliar a qualidade de vida de mulheres com prolapso de órgão pélvicos atendidas em um ambulatório especializado de um hospital terciário antes e após a utilização do pessário. Trata-se de um estudo observacional, longitudinal e prospectivo, desenvolvido com uma amostra inicial de 139 mulheres que apresentavam prolapso sintomático em um ambulatório em Uroginecologia, no período de novembro de 2013 a abril de 2019, pela aplicação de dois questionários: Medical Outcomes Study 36 – Item Short-Form Health Survey e Prolapse Quality-of-Life Questionnaire, na primeira consulta para utilização do pessário vaginal e quatro meses após a utilização contínua do dispositivo. Os dados foram compilados e analisados por meio do programa estatístico Statistical Package for Social Science 23.0 versão para Windows. Resultados: No presente estudo o perfil sociodemográfico obtido foi de mulheres com idade média de 66,7 anos, média de 5,1 anos de estudos, sendo 24,5% analfabetas. A maioria eram da capital de Fortaleza e possuíam renda média de 1.395,85 reais. Mais da metade eram aposentadas e não possuíam nenhum companheiro. Houve o predomínio de mulheres não fumantes e que estavam com o índice de massa corpórea inadequado. Os antecedentes clínicos e gineco-obstétricos de destaque foram HAS, presença de cirurgia pélvica anterior, com destaque para histerectomia, média de 6,2 gestações, 5,1 partos e 0,9 abortos. Sendo a principal via de parto a vaginal e a média de peso do RN ao nascer de 3,963,27 gramas. Grande parte das mulheres encontravam-se com estádio III e IV do prolapso, referindo sensação de bola na vagina, frouxidão, queixas urinárias e menopausadas. Quanto ao questionário de qualidade de vida geral, encontrou-se um aumento significativo em todos os domínios avaliados pelo instrumento, exceto o domínio “Limitação dos aspectos sociais”. Sobre o questionário específico, identificou-se uma redução significativa de todos os domínios do instrumento. Esses dados representam uma melhora significativa da qualidade de vida das mulheres com prolapso sintomático em uso do pessário vaginal como tratamento conservador.
Abstract: Pelvic organ prolapse is a highly prevalent gynecological condition that promotes impact not only in clinical aspects but also affects the social and psychological sphere, influencing the quality of life of women who have this condition. The use of pessary as a conservative treatment is an alternative that has been widely used, since it has a positive impact, considerably improving the quality of life, restoring self-image and confidence, allowing women to resume their normal activities and thus increasing their overall satisfaction With the life. This study aims to evaluate the quality of life of women with pelvic organ prolapse treated at a specialized outpatient clinic of a tertiary hospital before and after the use of the pessary. This is a longitudinal and prospective observational study, developed with an initial sample of 139 women who presented symptomatic prolapse in an outpatient clinic in Urogynecology, from November 2013 to April 2019, through the application of two questionnaires: Medical Outcomes Study 36 - Item Short-Form Health Survey and Prolapse Quality-of-Life Questionnaire at the first consultation for vaginal pessary use and four months after continuous use of the device. The data were compiled and analyzed using the statistical program Statistical Package for Social Science 23.0 version for Windows. Results: In the present study the sociodemographic profile obtained was of women with a mean age of 66.7 years, an average of 5.1 years of studies, 24.5% of them illiterate. Most were from the capital of Fortaleza and had an average income of 1,395.85 reais. More than half were retired and had no partners. There was a predominance of nonsmokers who had an inadequate body mass index. The most frequent clinical and gynecological-obstetric history were hypertension, presence of previous pelvic surgery, with hysterectomy, mean of 6.2 pregnancies, 5.1 deliveries and 0.9 abortions. The main vaginal delivery route and the mean infant birth weight were 3,963.27 grams. Most of the women were in stages III and IV of the prolapse, referring to sensation of ball in the vagina, looseness, urinary and menopausal complaints. Regarding the general quality of life questionnaire, a significant increase was found in all domains evaluated by the instrument, except for the domain "Limitation of social aspects". On the specific questionnaire, a significant reduction of all the domains of the instrument was identified. These data represent a significant improvement in the quality of life of women with symptomatic prolapse in the use of vaginal pessaries as a conservative treatment.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43598
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:ENFERMAGEM - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tcc_indbnogueira.pdf1,01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.