Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43105
Title in Portuguese: Estado e sociedade: Um estudo sobre o encontro entre público e privado na agência de estágios da UFC
Author: Magalhães, Leandro Meneses
Advisor(s): Lima, Valmir Lopes
Keywords: Burocracia - Ceará
Programas de estágio
Educação e Estado - Estágios
Issue Date: 2014
Citation: MAGALHÃES, L. M. Estado e sociedade: Um estudo sobre o encontro entre público e privado na agência de estágios da UFC. 2014. 89 f. Monografia (Graduação em Ciências Sociais) - Departamento de Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014.
Abstract in Portuguese: “Estado” e “sociedade” no Brasil são entes abstratos que possuem lógicas distintas de relacionamento institucional. Ambos são representados por atores sociais, “públicos” e “privados”, que negociam suas posições conflitantes em uma arena burocrática que ao longo do tempo foi incapaz de universalizar-se plenamente. Tais diferenças acabam por moldar a relação entre os dois à medida que fatores informais do processo, a exemplo da ambiguidade das normas, das exigências da comunidade, das práticas antirracionais de funcionários, dentre outros, interferem nas ações cotidianas das repartições e criam um universo social moldado por laços personalistas. A pesquisa foi realizada na agência de estágios da Universidade Federal do Ceará (UFC), ambiente centralizado onde os estudantes da referida instituição regularizam seus contratos de estágios curriculares e não obrigatórios. Expõe-se e examina-se as principais etapas do processo de orientação, encaminhamento e cadastro de estágios concomitantemente à emergência contraditória desses elementos informais que também auxiliam a resolução de inúmeros problemas cotidianos da agência.
Abstract: "State" and "society" in Brazil are abstract entities that have different logics of institutional relationships. Both represented by "public" and "private" social actors, which negotiate their conflicting positions in a bureaucratic arena that over the times was unable to fully universalize themselves. Such differences ended up shaping the relationship between the two such as informal process factors, as the ambiguity of the standards, as the requirements of the community, as antirational practices of employees, among others, interfere in the everyday actions of the departments and create a social universe shaped by personalistic ties. The research was conducted in internship agency of the Federal University of Ceará (UFC), centralized environment where students of that institution regulate their curricular internship contracts and not mandatory internships. It explains and examines the main stages of orientation, referral and registration of internships concurrently with contradictory emergence of these informal elements that help to solve many everyday problems the agency process.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43105
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS SOCIAIS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_tcc_lmmagalhães.pdf1,68 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.