Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4298
Title in Portuguese: Acupuntura : conhecimento e percepção de professores universitários
Title: Acupuncture : knowledge and perception of university professors
Author: Fechine, Álvaro Diogenes Leite
Oliveira, Jessica da Costa de
Machado, Márcia Maria Tavares
Keywords: Acupuntura
Terapias Complementares
Medicina Tradicional Chinesa
Issue Date: 2012
Publisher: Revista Brasileira de Educação Médica
Citation: FECHINE, A. D. L. ; OLIVEIRA, J. C. ; MACHADO, M. M. T. Acupuntura : conhecimento e percepção de professores universitários. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, v. 36, n. 1, p.41-49, jan./mar. 2012.
Abstract in Portuguese: Esta pesquisa teve por objetivo identificar o conhecimento e percepção de professores universitários, médicos, sobre a acupuntura. Utilizou-se a abordagem qualitativa, realizando-se 15 entrevistas individuais com professores da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza, Ceará, de junho a dezembro de 2010. O tempo médio de ensino desses professores na UFC foi de 22 anos, e a idade média de 55 anos.Observou-se que a maior parte dos entrevistados não buscava espontaneamente informações sobre acupuntura; poucos conheciam alguma contraindicação;e os que indicavam a acupuntura o faziam para alívio de dores; a quase totalidade apresentou opinião favorável ao oferecimento da acupunturaa usuários do SUS, bem como à sua inclusão na grade curricular como disciplina optativa ou como assunto coadjuvante em disciplinas afins. No entanto, poucos entrevistados admitem abordar este tema em sala de aula como terapêutica equivalente às opções alopáticas. Constatou-se que os professores demonstram interesse em práticas não convencionais e reconhecem a importância da inserção dessa temática nos currículos dos cursos de Medicina.
Abstract: This study aimed to identify the knowledge and perception of medical school lecturers in relation to acupuncture. Qualitative methodology was employed, involving individual interviews with 15 teachers from various departments of the Ceará Federal University School of Medicine, held in Fortaleza, Ceará, between June and December 2010. The average teaching experience of the lecturers was 22 years and average age,55. It was found that most respondents did not spontaneously seek information about acupuncture; few knew any contraindications and those who recommended acupuncture, did so for the purposes of pain relief; almost all the respondents were in favor of acupuncture being offered to SUS patients, and of including acupuncture in the curriculum as an optional subject or supporting topic in related disciplines. However, few respondents admit addressing this topic in the classroom as form of treatment equivalent to allopathic options. We found that teachers demonstrate interest in unconventional practices and they acknowledge the importance of integrating this theme into the medical curriculum.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4298
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 0100-5502
Appears in Collections:DSC - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_art_adlfechine.pdf127,14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.