Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4275
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMonteiro, Mirian Parente-
dc.contributor.authorCunha, Saulo Coelho-
dc.date.accessioned2013-01-23T11:39:09Z-
dc.date.available2013-01-23T11:39:09Z-
dc.date.issued2007-
dc.identifier.citationCUNHA, S. C. Avaliação da adequação dos medicamentos prescritos para pacientes idosos internados em hospital de ensino da cidade de Fortaleza. 2007. 85 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2007.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4275-
dc.description.abstractThe chronic and degenerative illnesses are common in elderly and frequently many medicines are used to treat them. The prescription medication and the improper use of medicines may lead to undesirable results causing hospital admissions which may be preventable and raising costs in health system. To evaluate the adequacy of drug therapy prescribed to elderly patients admitted in a teaching hospital of Fortaleza city based on Beers and Canadian criteria; to evaluate the adequacy of medicines prescribed in relation to the four of five swedish quality indicators of pharmacotherapy to older patients and to perceive the frequency of adverse drug reactions (ADR) during the hospital stay. This is an observational, descriptive and transversal study by convenience sample. The study was developed in the clinical patients ward of the University Walter Cantidio Hospital from October 2006 and May 2007. Patients 60 years and older admitted in the hospital were included in the study, particularly those that had signed the informed consent previously. A pharmacotherapeutic follow-up sheet with medical records was used taking into account the profile of medicines usage during the hospital stay and the nature of the ADR if this occurred after the hospital admission. The criteria for evaluating the suspected cases of ADR were defined by causality and severity adopted by World Health Organization (WHO) having as technical support the Pharmacovigilance Center of Ceará (CEFACE). The medicines were classified in accordance with the ATC (anatomic-therapeutic-chemical) up to the principal therapeutic group and also were analyzed according to Beers and Canadian criteria and the four Swedish quality indicators of pharmacotherapy to older patients. The software used to analyze the data was the Microsoft Excel 2002 for Windows. The study was approved by the Research Ethics Committee of the University Federal of Ceara. In the set of the 50% patients admitted in the study 42% were men and 58% were women. Half of the elderly were in the range of 60 to 69 years old. Considering the Beers and Canadian criteria, 84% of the patients received inappropriate prescription medication. The study registered 17 medicines potentially inappropriate to elderly persons. Metoclopramide, mineral oil and diazepam were the most frequently prescribed, in this order. In relation to the adverse drug reactions 30% of the patients showed suspected RAM and 69% of those attempted the female sex. The medication class most often implicated with the emergence of ADR was the antithrombotics and the types of ADR most frequent were the gastrointestinal disturbs. In the universe of followed patients a high percentage received inappropriate prescription medication giving evidence of the necessity of a better attendance of prescribing to older patient.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectToxicidade de Drogaspt_BR
dc.subjectSaúde do Idosopt_BR
dc.subjectPrescrições de Medicamentospt_BR
dc.titleAvaliação da adequação dos medicamentos prescritos para pacientes idosos internados em hospital de ensino da cidade de Fortalezapt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.description.abstract-ptbrNos idosos as doenças crônicas e degenerativas são comuns e freqüentemente se utilizam muitos medicamentos para tratá-las. A prescrição e o uso inadequado dos mesmos podem levar a resultados indesejados, acarretando internações hospitalares evitáveis e elevando os custos do sistema de saúde. Avaliar a adequação dos medicamentos prescritos para pacientes idosos internados em um hospital de ensino da cidade de Fortaleza com base nos Critérios de Beers e Critérios Canadenses; avaliar a adequação da prescrição em relação ao uso de quatro dos cinco indicadores suecos de qualidade da farmacoterapia em idosos e conhecer a freqüência com que reações adversas a medicamentos (RAM) aparecem durante o período de internação hospitalar. Estudo observacional, descritivo e transversal por amostra de conveniência. O estudo foi desenvolvido na unidade de pacientes clínicos do Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) entre outubro de 2006 e maio de 2007. Foram incluídos no estudo pacientes internados com idade igual ou superior a 60 anos, por tempo superior a 24 horas e que tenham assinado o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Foi utilizada uma Ficha de Acompanhamento Farmacêutico com dados do prontuário onde foram considerados o perfil de uso de medicamentos durante a internação e a natureza da RAM quando esta ocorreu após admissão hospitalar. Os critérios para avaliação dos casos suspeitos de RAM foram estabelecidos pela avaliação da causalidade e severidade adotados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) tendo como suporte técnico o Centro de Farmacovigilância do Ceará (CEFACE). Os medicamentos foram classificados de acordo com o código ATC (anatômico-terapêutico-químico) até o grupo terapêutico principal e também foram analisados pelos Critérios de Beers; Critérios Canadenses e 04 indicadores suecos de qualidade da farmacoterapia em idosos. O programa utilizado para a análise dos dados foi o Microsoft Excel 2002 para Windows. O trabalho foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Ceará. Do total de 50 pacientes idosos admitidos no estudo, 42% eram homens e 58% eram mulheres. Metade dos idosos se encontravam na faixa etária dos 60 a 69 anos. Considerando-se os Critérios de Beers e Canadenses, 84% dos pacientes tiveram prescrições de medicamentos a serem evitados. Foram contabilizados 17 medicamentos com potencial de inadequação em idosos e o mais freqüentemente prescrito foi a metoclopramida, seguido do óleo mineral e diazepam. Em relação às reações adversas, 30% dos pacientes apresentaram registros de suspeita de RAM e 69% dessas suspeitas acometeram o sexo feminino. A classe de medicamentos mais envolvida com o aparecimento de RAM foi os agentes antitrombóticos e os tipos de reações mais freqüentes eram distúrbios do sistema gastrointestinal. No universo de pacientes acompanhados um percentual elevado recebeu prescrição de medicamento inadequado demonstrando que há uma necessidade de um melhor acompanhamento de prescrições voltadas para o paciente idoso.pt_BR
dc.title.enEvaluation of the adequacy of drug therapy prescribed to elderly patients admitted in a teaching hospital of Fortaleza citypt_BR
Appears in Collections:DFAR - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2007_dis_sccunha.pdf257,8 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.