Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42506
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorRodolfo, Renato Mesquita-
dc.date.accessioned2019-06-06T14:30:24Z-
dc.date.available2019-06-06T14:30:24Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.citationRODOLFO, Renato Mesquita.O acadêmico entre a boemia e o futebol: a construção do referencial universitário do Bairro Benfica (1954-1967). In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 27., 22-26 jun. 2013, Natal (RN). Anais... Natal (RN): ANPUH, 2013. Tema: Conhecimento histórico e diálogo social.pt_BR
dc.identifier.isbn978 85 98711 11 9-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42506-
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherANPUHpt_BR
dc.subjectHistória - UFCpt_BR
dc.subjectHistoriografiapt_BR
dc.subjectInstalações UFCpt_BR
dc.titleO acadêmico entre a boemia e o futebol: a construção do referencial universitário do Bairro Benfica (1954-1967)pt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrA instalação da Universidade do Ceará, em 1955, – com a construção de novos prédios e o aproveitamento de antigos – deu-se inicialmente no bairro Benfica, próximo ao centro comercial de Fortaleza. Entre suas primeiras aquisições estão o palacete que pertencia à família Gentil no ano seguinte à sua instalação. Tal empreendimento modificou não somente a paisagem física do bairro, cuja formação é anterior à própria universidade, como também as formas de socialização e a vivência dos moradores, comerciários e frequentadores. A Universidade do Ceará (UC), que passaria a ser a Universidade Federal do Ceará (UFC) em 1965, foi criada pela lei 2.373 de 16 de dezembro de 1954 e teve sua instalação celebrada um ano depois, no dia 25 de junho – nesse artigo serão usadas as duas nomenclaturas (UC e UFC), estando de acordo com a temporalidade de cada uma. Nessa época existiam algumas escolas de Ensino Superior em Fortaleza, entre elas, cinco fizeram parte do corpo inicial de formação da Universidade: a Faculdade de Direito, Faculdade de Farmácia e Odontologia, a Escola de Agronomia, a Faculdade de Ciências Econômicas e a Faculdade de Medicina. Todas essas instituições estavam espacialmente separadas, amparadas por edificações que já não comportavam a demanda de alunos que crescia em consonância com a cidade, é o que relata o arquiteto José Liberal de Castro em artigo dedicado às construções da UFC de sua instalação e durante os quatro mandatos consecutivos de Antônio Martins Filho na Reitoria (2004). Segundo ele, durante esse período foram adquiridos todos os três campi da atual UFC em Fortaleza: o Campus do Benfica, o Campus do Pici e o Campus do Porangabuçu. [...]pt_BR
Appears in Collections:PPGH - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_eve_rmrodolfo.pdf151,91 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.