Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42132
Title in Portuguese: Eu, tu, ele, nós e redes: uma crítica imanente do discurso de usuários da página do movimento endireita brasil no facebook.
Author: Holanda, Rochelly Rodrigues
Advisor(s): Antunes, Deborah Christina
Keywords: Fascismo
Discurso de ódio
Mentalidade de ticket
Personalidade autoritária
Redes sociais
Issue Date: 2017
Citation: HOLANDA, R.R. (2017)
Abstract in Portuguese: É cada vez mais evidente que importantes inflexões políticas aconteceram no Brasil como produto da onda de manifestações sociais que começaram em 2013 e é inegável a importante participação das redes sociais nesse processo. Todavia, uma parcela crescente da sociedade brasileira tem simpatizado com os valores e ideais disseminados através das mídias sociais por políticos de discursos semelhantes aos que formaram a conjuntura sócio-histórica do fascismo. Nesse sentido, nos deparamos com a problemática ligada aos discursos de ódio disseminados nas redes sociais e, no intuito de observar e analisar as nuances de um contexto sócio-histórico delineado por traços de uma sociabilidade mediada por computadores, este trabalho objetivou investigar se existem e como se caracterizam os traços da mentalidade fascista no discurso dos usuários de redes sociais que tem um posicionamento político conservador no Brasil. Metodologicamente trata-se de uma pesquisa feita a partir dos moldes da netnografia, mas mediante análise crítica imanente das postagens coletadas no grupo do Movimento Endireita Brasil no Facebook e levantamento bibliográfico acerca da temática trazida. Os filósofos Theodor W. Adorno e Max Horkheimer, através da elaboração de conceitos como a Personalidade Autoritária e a mentalidade de ticket, resgatam a preocupação de se pensar sobre o fascismo no período pós-Segunda Guerra Mundial. Analisando as obras dos estudiosos da Escola de Frankfurt é possível instituir um debate viabilizador da ampliação do espaço de diálogo entre temas que possibilitam novas maneiras de enxergar os limites da liberdade de expressão. Esse trabalho vem como possibilidade de produção de conhecimento crítico, podendo, a partir disso, oferecer melhor aparato a posteriores discussões dentro e fora do âmbito acadêmico.
Abstract: It is increasingly clear that important political changes took place in Brazil as a product of the wave of social demonstrations that began in 2013 and the important participation of social networks in this process is undeniable. However, a growing part of Brazilian society has sympathized with the values and ideals spread through social media by politicians of speeches similar to those that formed the socio—historical conjuncture of fascism. In this sense, we are faced with the problematic related to the hateful discourses disseminated in social networks and, in order to observe and analyze the nuances of a socio-historical context delineated by traces of a computer-mediated sociability, this study aimed to investigate whether there are and how to characterize the traits of fascist mentality in the discourse of social network users who have a conservative political position in Brazil. Methodologically this is research done from the molds of netnography, but by immanent critical analysis of posts collected in the Movimento Endireita Brasil Facebook group and literature review concerning the theme brought. Philosophers Theodor W. Adorno and Max Horkheimer, through the development of concepts such as the Authoritarian Personality and the ticket mentality, redeem the concern of thinking about fascism in the post-World War II period. Analyzing the works of the Frankfurt School scholars it is possible to set up a debate which makes it possible to expand the space for dialogue between themes that enable new ways of seeing the limits of freedom of expression. This study comes as a possibility of critical knowledge production which can, from that, offer better apparatus to further discussions within and outside the academic sphere.
Description: HOLANDA, R.R. Eu, tu, ele, nós e redes: uma crítica imanente do discurso de usuários da página do movimento endireita brasil no facebook. 2017. 109f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade Federal do Ceará - campus Sobral, Sobral, 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42132
Appears in Collections:PSICOLOGIA - SOBRAL - TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_tcc_rrholanda.pdf5,8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.