Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42018
Title in Portuguese: Caracterização da fauna vágil associada ao cultivo suspenso de mexilhões
Title: Characterization of vagile fauna associated with suspended mussel farms
Author: Silvestri, Fausto
Bernadochi, Ligia Coletti
Rodrigues, Carina Waiteman
Shimabukuro, Mauricio
Costa, Paulo Márcio Santos
Turra, Alexander
Keywords: Aquicultura
Mitilicultura
Aquaculture
Mariscos
Issue Date: 2018
Publisher: Laboratório de Ciências do Mar
Citation: SILVESTRI, F.; BERNADOCHI, L. C.; RODRIGUES, C. W.; SHIMABUKURO, M.; COSTA, P. M. S.; TURRA, A. Caracterização da fauna vágil associada ao cultivo suspenso de mexilhões. Arquivos de ciências do Mar. Fortaleza, v. 51, n. 2, p. 57-71, 2018.
Abstract in Portuguese: Fazendas de mexilhões oferecem abrigo e alimentação para uma grande variedade de organismos tornando-se um ambiente favorável para o estabelecimento de populações biológicas. Todavia a presença destes organismos no cultivo gera consequências ecológicas e zootécnicas, positivas ou negativas. Nesse estudo foi realizada a caracterização da fauna vágil associada a uma área de produção artesanal de mexilhões Perna perna (L. 1758) no sudeste do Brasil, representando uma importante iniciativa para que se possa estudar os efeitos da presença destes organismos tanto para os cultivos como para o ambiente ao qual eles estão inseridos. Ao longo de um ano foram identificados 41.082 indivíduos vágeis, totalizando 109 diferentes táxons diretamente associados às cordas de mexilhões. A estrutura da comunidade vágil variou ao longo do período de estudo indicando a dominância de anfípodes em todos os períodos analisados. Os resultados deste estudo indicaram que o cultivo suspenso de mexilhões praticado em uma área costeira desempenhou uma função estratégica na atração e no refúgio de espécies vágeis.
Abstract: Mussel farms provide shelter and food for a wide variety of organisms making a favorable environment for the establishment of biological populations. However, the presence of these organisms in mussel farms generates ecological and zootechnical consequences, both positive and negative. In the present study, we performed the first characterization of the vagile fauna associated to small brown mussels Perna perna (L.1758) farms in southeastern Brazil. This represents na important contribution to understanding the effects of the presence of these organisms both in the mussel farms and in the environment that they are inserted. During one year, 41.082 organisms were identified, from a total of 109 different taxa that were directly associated with the strings of mussels. The community structure of the vagile varied throughout the study, indicating the dominance of amphipods in all periods analyzed. Therefore, results indicated that the suspended mussel culture performed in a coastal area played a strategic role to the attraction and refuge of vagile species.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42018
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Appears in Collections:LABOMAR - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_fsilvestri.pdf413,31 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.