Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/41863
Title in Portuguese: Alfabetização e desenvolvimento da linguagem em crianças
Author: Barroso, Sara Pinheiro
Advisor(s): Agrello, Marisa Pascarelli
Keywords: Educação
Processo ensino-aprendizagem
Escrita
Issue Date: 2005
Citation: BARROSO, Sara Pinheiro. Alfabetização e desenvolvimento da linguagem em crianças. 2005. 43f. – TCC ( Monografia) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Centro de Treinamento e Desenvolvimento, Curso de Especialização em Psicopedagogia, Fortaleza (CE), 2005.
Abstract in Portuguese: O principal propósito desta pesquisa foi compreender como se dá o processo de aquisição da leitura e da escrita de forma significativa para a criança da alfabetização. Este trabalho foi pensado de forma a proporcionar uma reflexão a respeito da ação docente em relação ao ensino da linguagem, já que, atualmente, é notado uma distorção entre o papel da escola e do professor e a prática que conduz a criança ao processo de construção da linguagem e seu desenvolvimento cognitivo. Também teve como objetivo descrever como ocorrem “os processos de construção da escrita e da leitura” pela criança. O mesmo foi realizado através de pesquisa bibliográfica, fundamentada principalmente nos pressupostos defendidos por Ferreiro, bem como de outros autores que tratam do assunto em foco. O conceito de alfabetização, assim como qualquer representação da realidade, relaciona-se com o momento histórico que é produzido e fornece, em cada época, a base das propostas governamentais para alfabetização. Ao fazer uma retrospectiva histórica do conceito de alfabetização, Ferreiro (1998), fundamentados na Psicologia Genética de Jean Piaget, resgataram o alfabetizando como sujeito participante do processo de ensino-aprendizagem. Nesses estudos o aluno não é mais concebido como um indivíduo que recebe passivamente os estímulos externos, passa a ser sujeito porque “pensa sobre as questões e situações com as quais se depara, reorganizando sua estrutura cognitiva”. Dessa forma, a aprendizagem da leitura e das escritas passa a ser entendida como uma “atividade cognitiva de um sujeito ativo, que, agindo sobre o objeto e apropriando-se dele, constrói seu conhecimento”. Por este trabalho ter sido concretizado apenas por meio de pesquisa bibliográfica, as considerações apresentadas no mesmo, estão baseadas nas leituras realizadas. Dentre elas são destacadas: Ferreiro, Piaget, Freire, Pillar, Scoz, Barbosa, Sargo e Fagali. Na concretização do mesmo, pode-se verificar que somente quando o professor se conscientizar e assumir o papel de mediador do processo de compreensão e construção do sistema simbólico da escrita, redimensionando suas ações para o objetivo de conhecimento, a língua escrita e para o agente em questão, ou seja, a criança, é que vai ser possível a formação de cidadãos leitores do mundo, isto é, críticos.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/41863
Appears in Collections:EPP - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2005_tcc_spbarroso.pdf364 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.