Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/41819
Title in Portuguese: Brinquedo numa perspectiva psicopedagógica
Author: Justino, Alessandra de Oliveira Barros
Advisor(s): Ferreira, Gláucia Maria de Menezes
Keywords: Avaliação da aprendizagem
Processo ensino-aprendizagem
Avaliação Educacional
Issue Date: 2005
Citation: JUSTINO, Alessandra de Oliveira Barros. Brinquedo numa perspectiva psicopedagógica. 2005. 50f. – TCC ( Monografia) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Centro de Treinamento e Desenvolvimento, Curso de Especialização em Psicopedagogia, Fortaleza (CE), 2005.
Abstract in Portuguese: Este trabalho surgiu da necessidade de responder algumas destas questões, aos colegas da área de educação, diretores e professores que buscam uma "fórmula mágica", para a colocação dos brinquedos como recursos para a aprendizagem nas suas escolas. O mesmo tem a preocupação de explorar os benefícios de brinquedos e de brincadeiras como recursos da psicopedagogia para o desenvolvimento das crianças e valorizar a importância em usá-los adequadamente na formação de crianças bem desenvolvidas e, conseqüentemente, cidadãos integrados socialmente. Foi utilizado para a fundamentação deste estudo, pesquisa bibliográfica, sendo basicamente obras publicadas que tenham relação com o tema. No primeiro momento fez-se necessário uma abordagem teórica sobre a aprendizagem da criança para que se possa situar o estudo. Na seqüência são apontadas as principais características da aprendizagem infantil e os estágios segundo Piaget, o brinquedo como instrumento no desenvolvimento infantil e o papel do adulto. Espera-se que estes conhecimentos sejam utilizados por educadores, pais e pessoas que estejam interessadas no tema como subsídio para promovera aprendizagem da criança. Através desta vivência constatou-se que o trabalho psicopedagógico deve ser desenvolvido na instituição escolar, visando amenizar os conflitos ocasionados pelos problemas de aprendizagem. Portanto, o psicopedagogo deverá perceber os canais que facilitarão sua atuação como agente de mudança dentro da Instituição, sem que esta perceba e se torne contraditória. Finalizando, acrescenta-se que vale ressaltar o fato de que o psicopedagogo deve ser um facilitador e contribuir para evitar o fracasso escolar, procurando na Instituição desenvolver um trabalho de aprofundamento do conhecimento, numa reflexão coletiva.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/41819
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:EPP - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2005_tcc_aobjustino.pdf502,76 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.