Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/41586
Title in Portuguese: Avaliação da gestão colegiada em uma maternidade de ensino em fortaleza, na perspectiva dos gestores, colaboradores e usuários.
Author: Pinto, Maria Liduina Freitas
Advisor(s): Rodrigues, Maria do Socorro de Sousa
Keywords: Gestão colegiada
Maternidade-Escola
Humanização da assistência
Issue Date: 2019
Citation: PINTO, Maria Liduina Freitas. Avaliação da gestão colegiada em uma maternidade de ensino em Fortaleza, na perspectiva dos gestores, colaboradores e usuários. 2019. 120f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior, Fortaleza (CE), 2019.
Abstract in Portuguese: As transformações ocorridas nas políticas de saúde nos últimos anos propõem as instituições de saúde, modelos da gestão que permitem a participação de todos os agentes envolvidos no processo de cuidado e saúde. Para que a transformação de fato ocorra, é necessário pôr o foco na formação dos profissionais que irão atuar nesses espaços de cuidado e assistência à saúde. Pensando assim, o Ministério da Saúde dedica aos hospitais de ensino a responsabilidade de formar profissionais alinhados com as diretrizes de humanização e assistência à saúde, e sugere que as mudanças em seus métodos de trabalho, utilizem como ferramenta a gestão colegiada. Este estudo avalia a dinâmica da gestão colegiada em uma maternidade-escola do Ceará, a partir da visão dos seus gestores, funcionários/servidores e usuários, destacando benefícios e fragilidades do percurso. O desenvolvimento desta pesquisa descritiva, caracterizada como um estudo de caso, de abordagem quantiqualitativa quanto ao problema, se deu por meio da aplicação de questionário junto ao público referido, e de um levantamento das manifestações realizadas pelos usuários por meio da ouvidoria da Instituição, no ano de 2018. Teve como aporte de sustentação a legislação vigente, documentos institucionais e contribuições de pesquisadores como Campos (2000, 2013, 2017), Santos Filho (2009), Cecílio (2010), entre outros. As principais conclusões apontam para a perspectiva de que, entre gestores e colaboradores, o objetivo maior de uma gestão colegiada é o trabalho e valorização da equipe, favorecendo democratização e as tomadas de decisão coletivas, corresponsabilização e partilha de problemas e soluções, além de estabelecer prioridades e alcançar maior assertividade nos processos deliberativos. A pesquisa revelou, ainda, que o maior benefício da gestão colegiada, na visão dos sujeitos, é o conhecimento e partilha dos problemas na unidade/instituição, a integração entre as categorias profissionais e a troca de saberes. Os resultados também deixaram evidentes fragilidades, como desconhecimento dos profissionais sobre a existência da gestão colegiada na referida maternidade-escola, baixa diversidade entre os que frequentam a reunião colegiada, poucas manifestações de usuários incluídas em pautas de reunião do colegiado e necessidade de capacitação dos seus atores.
Abstract: The changes taken place in health policies in recent years have proposed to health institutions, management models that allow the participation of all agents involved in the process of care as well as health. To actually enable the transformation, it is necessary to focus on training professionals who are going to work in such care and health care areas. With this thought in mind, the Ministry of Health dedicates to teaching hospitals the responsibility of training professionals in acccondance with the guidelines for humanization and health care, and suggests that changes in their working methods should use collegiate management as a tool. This study evaluates the collegiate management dynamics in a maternity school in Ceará, based on its managers, employees as well as employees and users’ point of view, highlighting path benefits and weaknesses. The development of this descriptive research, characterized as a case study, with a quantitative and qualitative approach to the problem, was carried out through the application of a questionnaire to the public referred to, and a survey of the manifestations accomplished by the users through the institution's ombudsman, in the year (2018), it was supported by the current legislation, institutional documents and contributions of researchers such as Campos (2018a), Santos Filho (2009), Cecílio (2010), among others. The main conclusions point to the fact that, among managers and employees, the main objective of collegiate management is team work and valorization which favor democratization and collective decision-making, joint responsibility and sharing of problems and solutions, besides establishing priorities and achieveing greater assertiveness in deliberative processes. The research also revealed that the greatest benefit of collegial management, in the view of the subjects, is knowledge and sharing of problems in the unit / institution, integration between professional categories and knowledge exchange. The results also revealed evident weaknesses, such as lack of knowledge of the professionals about the existence of collegiate management in the maternity-school referred to, low diversity among those attending the collegiate meeting, few demonstrations of users included in the collegiate meeting guidelines and the need for training of their actors.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/41586
Appears in Collections:POLEDUC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
disc_2019_mlfpinto.pdf2,61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.