Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40531
Title in Portuguese: Qualidade de vida relacionada à saúde bucal e depressão em pacientes com doença renal crônica submetidos à hemodiálise
Title: Quality of life related to oral health and depression in patients with chronic renal disease undergoing hemodialysis
Author: Norte, Antônia Edênia Oliveira
Advisor(s): Roberto Santos, Paulo
Keywords: Saúde bucal
Insuficiência renal crônica
Diálise renal
Issue Date: 2017
Citation: NORTE, A.E.O. Qualidade de vida relacionada à saúde bucal e depressão em pacientes com doença renal crônica submetidos à hemodiálise. 2017. 57 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Programa de Pós-Graduação em Saúde da Família, Sobral, 2017.
Abstract in Portuguese: Pacientes com doença renal crônica (DRC) submetidos à hemodiálise apresentam alta prevalência de sintomas depressivos e risco aumentado de doenças dos dentes e da gengiva. O presente estudo teve por objetivo principal verificar associação entre qualidade de vida relacionada à saúde bucal e depressão em pacientes com doença renal crônica submetidos à hemodiálise. Foram estudados 177 pacientes com doença renal crônica com mais de 18 anos de idade e com pelo menos três meses em tratamento hemodialítico. Todos os pacientes da amostra eram tratados nas duas unidades de diálise que são referência para o tratamento da DRC na região noroeste do estado do Ceará. Foram coletados dados demográficos, clínicos e laboratoriais, além da aplicação de questionários acerca dos hábitos de higiene bucal praticados como também acerca da utilização dos serviços odontológicos pelos pacientes. A avaliação da qualidade de vida relacionada à saúde bucal foi realizada pela aplicação do instrumento OHIP que engloba sete dimensões da qualidade de vida: limitação funcional, dor física, desconforto psicológico, deficiência física, deficiência psicológica, incapacidade social e desvantagem social. O OHIP gera pontuações de 0 a 56 sendo que quanto maior a pontuação pior a qualidade de vida. O rastreamento dos sintomas depressivos foi realizado pelo instrumento CES-D que gera pontuações de 0 a 60. Pontuação igual ou maior do que 18 classifica o indivíduo como depressivo. A amostra foi composta por maioria de homens (62,0%), com média de idade de 49 anos e maior concentração nas classes sociais C e D (87,5%). A maioria (92,1%) realizou pelo menos uma consulta odontológica, sendo a consulta realizada nos últimos 12 meses para 57% dos sujeitos. Quase metade (45%) utilizava prótese odontológica e 42,4% nunca receberam qualquer orientação acerca da saúde bucal por parte dos profissionais de saúde envolvidos em seu cuidado. A prevalência de depressão na amostra foi de 24,9%. A associação entre qualidade de vida relacionada à saúde bucal foi demonstrada pela correlação positiva entre os escores gerados pelo OHIP e CES-D (r=0,450; p<0,001), assim como pelo encontro de pontuação mais alta em pacientes deprimidos quando comparados com não deprimidos (18,5 versus 9,0; p<0,001). Na análise multivariada o sexo masculino se mostrou protetor para a presença de depressão (OR=0,340; IC= 0,142-0,811), enquanto que pontuações altas geradas pelo OHIP (baixa qualidade de vida relacionada à saúde bucal) aumentaram em 13% o risco para depressão (OR=1,134; IC=1,079-1,235). Estratégias deverão ser traçadas e procedidas pelas equipes de saúde envolvidas no cuidado dos pacientes com DRC para melhora da saúde bucal dos pacientes visando melhor bem estar e menor risco de sintomas depressivos.
Abstract: Patients with chronic kidney disease (CKD) undergoing hemodialysis have a high prevalence of depressive symptoms and an increased risk of tooth and gum disease. The main objective of this study was to verify the association between quality of life related to oral health and depression in patients with chronic kidney disease undergoing hemodialysis. We studied 177 patients with chronic kidney disease over 18 years of age and with at least three months undergoing hemodialysis treatment. All patients in the sample were treated in the two dialysis units that are a reference for the treatment of CKD in the northwestern region of the state of Ceará. Demographic, clinical and laboratory data were collected, as well as questionnaires about the habits of oral hygiene practiced as well as about the use of dental services by patients. The assessment of the quality of life related to oral health was performed by applying the OHIP instrument that encompasses seven dimensions of quality of life: functional limitation, physical pain, psychological discomfort, physical disability, psychological disability, social disability and social disadvantage. OHIP generates scores from 0 to 56 and the higher the score the worse the quality of life. The screening of depressive symptoms was performed by the instrument CES-D that generates scores from 0 to 60. Score equal to or greater than 18 classifies the individual as depressive. The sample consisted of a majority of men (62.0%), with a mean age of 49 years and a higher concentration in social classes C and D (87.5%). The majority (92.1%) performed at least one dental visit, and the consultation was conducted in the last 12 months for 57% of subjects. Almost half (45%) used dental prostheses and 42.4% never received any guidance about oral health from the health professionals involved in their care. The prevalence of depression in the sample was 24.9%. The association between quality of life related to oral health was demonstrated by the positive correlation between the OHIP and CES-D scores (r = 0.450; p <0.001), as well as by the higher score in depressed patients when compared to non-depressed patients depressed (18.5 versus 9.0, p <0.001). In the multivariate analysis the male sex was protective for the presence of depression (OR = 0.340, CI = 0.142-0.811), while high scores generated by OHIP (low quality of life related to oral health) increased by 13% the risk for depression (OR = 1.134, CI = 1.079-1.235). Strategies should be drawn and carried out by the health teams involved in the care of patients with CKD to improve the oral health of patients aiming for better well-being and lower risk of depressive symptoms.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40531
Appears in Collections:PPGSF - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_dis_aeonorte.pdfNORTE, A.E.O. Qualidade de vida relacionada à saúde bucal e depressão em pacientes com doença renal crônica submetidos à hemodiálise. 2017. 57 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2017.1,08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.