Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40528
Title in Portuguese: Indicadores de metodologias ativas com suporte das tecnologias digitais: estudo com docentes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará
Author: Ventura, Paula Patrícia Barbosa
Advisor(s): Castro Filho, José Aires de
Keywords: Metodologias ativas
Prática docente
Tecnologias digitais
Gestão pedagógica
Issue Date: 2019
Citation: VENTURA, Paula Patrícia Barbosa. Indicadores de metodologias ativas com suporte das tecnologias digitais: estudo com docentes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. 2019. 195f. - Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação, Fortaleza (CE), 2019.
Abstract in Portuguese: Pesquisas sobre metodologias ativas apontam o discente como sujeito singular do processo educativo. O protagonismo do docente, no entanto, aparece velado ou superficialmente referenciado. Neste sentido, a tese teve como questão: “Que indicadores de metodologias ativas, com suporte das tecnologias digitais, os professores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), campus Camocim, têm apresentado?”. Com a finalidade de respondê-la, o objetivo deste estudo foi analisar a utilização de metodologias ativas e tecnologias digitais por professores dessa instituição de ensino. As principais discussões teóricas versaram sobre educação centrada no docente e no discente, taxonomias de metodologias ativas, como a aprendizagem pelas práticas de campo, a aprendizagem pela pesquisa, a aprendizagem baseada em projetos e em problemas, semelhanças e diferenças entre tais metodologias e a utilização de tecnologias digitais nas metodologias ativas. De natureza qualitativa e caracterizada como um estudo de caso, a pesquisa foi realizada no IFCE, campus Camocim, nos semestres 2016.2 e 2017.1. Os participantes foram quatro professores pertencentes ao quadro efetivo. Como instrumentos, recorreu-se a um questionário de sondagem, à observação e à entrevista. Para a análise de dados, iniciou-se com as questões de menor amplitude e, posteriormente, se identificaram evidências referentes a tais questões, bem como se definiram códigos iniciais ou subsequentes. Fases como ordenação, classificação e análise propriamente dita do material também subsidiaram a análise. Posteriormente, foram triangulados os dados, sendo estes ancorados pelo paradigma interpretativo. Com base na literatura e na pesquisa empírica, seis indicadores de metodologias ativas foram propostos: Valorização da Autonomia, Valorização das Produções Intelectuais, Engajamento Ativo no Processo de Aprendizagem, Estímulo à Participação do Discente, Pesquisa como Princípio Educativo e Equilíbrio entre Atividades Individuais e Coletivas. No que diz respeito aos estágios da gestão pedagógica, foram propostos cinco - Iniciação, Inserção, Integração, Efetivação e Disrupção - demonstrando que os professores oscilaram, no período da pesquisa, entre estágios elementares e intermediários quando da utilização das tecnologias de forma pedagógica. Os resultados revelaram presença marcante dos indicadores nas práticas dos professores investigados, tendo em vista dois deles terem apresentado todos os indicadores e os outros dois docentes, três e cinco indicadores, atestando a importância de desenvolvê-los quando da utilização de metodologias ativas com suporte das tecnologias digitais. Acredita-se que se o professor desenvolve práticas fundamentadas nesses indicadores, maiores serão as possibilidades de tornar o aluno corresponsável por sua aprendizagem. Destaca-se, ainda, o fato de que o protagonismo do professor não descaracteriza o protagonismo do aluno e que aquele tem influência considerável e direta para que este se faça ativo. Ao validar um papel que já é seu, o docente deve ser capaz de se (re)inventar e se assumir, assim como o aluno, sujeito de procura, enriquecendo o processo de ensino e tendo consciência das ações a serem realizadas.
Abstract: Research on active methodologies point to the student as a unique subject on the educational process. The protagonism of the teacher, however, appears to be either subtle or superficially referenced. In this sense, the thesis posed the question: "What indicators of active methodologies, supported by digital technologies, have the teachers presented in Camocim Campus of the Federal Institute of Education, Science and Technology of Ceará (IFCE) ?". Aiming to answer it, the objective of this study was to analyze the use of active methodologies and digital technologies by teachers of this educational institution. The main theoretical discussions approached both teacher qnd student centered education, taxonomies on active methodologies, such as learning by means of field practice, by research, by project-based learning and by problems, similarities and differences among said methodologies as well as the use of digital technologies in active methodologies. Qualitative based and characterized as a case study, the research was carried out at IFCE, Camocim Campus, during semesters 2016.2 and 2017.1. The participants were four teachers who belong to the current work force. The instruments used to this end were a survey questionnaire, observation and interviews. Regarding the data analysis, we started with issues of lesser amplitude and, later on, we identified evidence referring to such questions, as well as we defined initial or subsequent codes. Phases such as sorting, classification and analysis of the material itself also subsidized the analysis. Subsequently, the data were triangulated, then being anchored by the interpretative paradigm. Based on both literature and empirical research, six indicators of active methodologies were proposed: Autonomy Valuation, Intellectual Production Valuation, Active Engagement in the Learning Process, Encouragement of Student Participation, Research as an Educational Principle and Balance between Individual and Collective Activities. Regarding the stages of pedagogical management, five were proposed - Initiation, Insertion, Integration, Effectiveness and Disruption were proposed - showing that teachers fluctuated during the research period between elementary and intermediate stages when using technologies in a pedagogical way. The results revealed a strong presence of the indicators in the practices on the researched teachers, considering that two of them presented all the indicators and the other two teachers, only three to five indicators, testifying the importance of developing them when using active methodologies supported by the technologies. It is believed that if a teacher develops practices based on these indicators, the possibilities of making the student co-responsible for his / her learning will be higher. It is also worth noting that the protagonism of the teacher does not de-characterize the protagonism of the student and that the student has considerable and direct influence so that the former plays an active role. When validating a role that is already his/hers, the teacher must be able to (re)invent and accept himself/herself, as well as the student, the subject of the search, thus enriching the teaching process and being aware of the actions to be performed.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40528
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tese_ppbventura.pdf3,07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.