Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40512
Title in Portuguese: Caracterização e manipulação biotecnológica do sêmen de Ariacó, Lutjanus Synagris
Author: Vettorazzi, Mayra Bezerra
Advisor(s): César, José Renato de Oliveira
Keywords: Pesca artesanal - Politicas Publicas
Pescadores
Engenharia de pesca
Issue Date: 2009
Citation: VETTORAZZI, Mayra Bezerra. Caracterização e manipulação biotecnológica do sêmen deAriacó, lutjanus synagris. 2009. 25 f. Monografia (Graduação em Engenharia de Pesca)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009.
Abstract in Portuguese: A aquicultura tem se mostrado promissora atividade comercial produtora de proteína animal de qualidade. Os Lutjanídeos figuram nesse contexto como espécies alvo de interesse de pesquisas de desenvolvimento de pacotes tecnológicos para o cultivo. Todavia, o suprimento de juvenis ainda depende da disponibilidade dos estoques naturais, o que pode ser considerado arriscado, dada a imprevisibilidade incutida à dinâmica do ambiente. A preservação de gametas é uma alternativa para minimizar os riscos e garantir suprimento contínuo de ovos e larvas de qualidade para os trabalhos com reprodução, bem como eliminar a assincronia de desova entre machos e fêmeas em laboratório. O objetivo deste trabalho foi caracterizar o sêmen do ariacó L. synagris in-vivo e post-mortem, bem como determinar e avaliar índices organossomáticos (IGS, IHS, ISS e Ka), que indicam o estado fisiológico do plantei de reprodutores do CEAC/Labomar. Espécimes capturados na costa do Ceará foram comparados à espécimes cativos (estocados durante 10 meses, alimentados com ração semi-úmida formulada). Foi realizada biometria e necropsia. A coleta de sêmen in-vivo foi realizada através de massagem abdominal no sentido ânteroposterior. A motilidade espermática pós-ativação foi determinada através da estimativa da taxa de espermatozóides móveis, utilizando uma escala arbitrária de O a 100% e o tempo de duração da motilidade foi aferido através de cronômetro. A análise de sêmen post-mortem foi feita através de dois tratamentos: TA — Gônadas armazenadas em temperatura ambiente (25°C) e TR — Gônadas refrigeradas (4°C), para cada tratamento foi observada a motilidade espermática nos tempos Oh (controle) e a cada vinte minutos a partir da estocagem até completar três horas. As taxas de motilidade do sêmen L. synagris in-vivo variaram de 70% a 100%, e a duração da motilidade espermática variou de 62 a 135 segundos, consideravelmente alta. Já em postmortem, a média de motilidade espermática do sêmen armazenado à temperatura ambiente (TA, 25°C) na primeira hora foi de foi de 21,7%, enquanto para aquele armazenado resfriado (TR, 4°C) foi de 51,7%, sugerindo que a técnica de preservação por resfriamento prolonga a viabilidade espermática do sêmen, em relação àquela do sêmen mantido à temperatura ambiente. As análises dos índices gonadossomáticos apresentaram resultados de 0,301 ± 0,148% e 0,438 ± 0,154% para machos e fêmeas recém estocados, respectivamente, enquanto que para os cativos este resultado foi de 0,294 ± 0,227% e 0,821 ± 0,470%, considerando machos e fêmeas respectivamente; o índice hepatossomátíco apresentou resultados de 0,755 ± 0,198% e 0,877 ± 0,436% para os lotes recém estocado e cativo respectivamente; o índice esplenossomático apresentou valores de 0,093 ± 0,052% e 0,098 ± 0,039% para os lotes recém estocados e cativos respectivamente, e finalmente as médias do fator de condição alométrico (Ka) obtidas foram 0,0147±0,017 e 0,0235±0,0037 para os lotes recém estocados e cativos respectivamente. A análise dos indicadores de estado fisiológico permite inferir a boa qualidade do sistema adotado.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40512
Appears in Collections:ENGENHARIA DE PESCA - Trabalhos Acadêmicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_tcc_mbvettorazzi.pdf55,76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.