Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40317
Title in Portuguese: Arquitetura da informação em ambientes informacionais digitais: avaliação de websites de organizações de saúde
Author: Nascimento, Isabela da Rocha
Advisor(s): Pinto, Virgínia Bentes
Keywords: Websites – Arquitetura da Informação
Arquitetura da Informação
Organizações de Saúde
Issue Date: 2019
Citation: NASCIMENTO, Isabela da Rocha. Arquitetura da informação em ambientes informacionais digitais: avaliação de websites de organizações de saúde. 2019. 123f. - Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação, Fortaleza (CE), 2019.
Abstract in Portuguese: Apresenta os resultados da pesquisa cujo objetivo básico é avaliar a presença dos componentes da Arquitetura da Informação nos websites de hospitais voltados a atenção secundária e terciária do Estado do Ceará, visando a contribuição para o acesso à informação demandada. Como aporte teórico, trata da relação entre Ciência da Informação e Ciências da Saúde; e Arquitetura da Informação. A metodologia foi pautada na pesquisa de cunho exploratória e descritiva, a fim de aprofundar os conhecimentos sobre Arquitetura da Informação, Ciência da Informação e Organizações de Saúde, bem como detalhar os fenômenos observados. O método estruturalista norteou nossa análise a fim de que pudéssemos compreender como os sistemas de arquitetura da informação se apresentam na estrutura dos websites que foram investigados. O estudo dos websites foi feito por meio da análise de conteúdo observando-se os componentes da Arquitetura da Informação. Os corpórea da pesquisa foi constituído de quatro (4) websites de organizações de saúde classificadas como secundárias e terciárias. Os resultados evidenciam que os sistemas de organização, rotulagem, navegação e busca, os quais compõem a arquitetura da informação estão presentes nos websites, mesmo que não em sua totalidade e de forma eficiente. Identificamos alguns problemas, dentre eles: conteúdos despadronizados, hiperlinks não habilitados, conteúdo não estruturado hierarquicamente, rótulos textuais e iconográficos ambíguos ou descontextualizados.Conclui-se que, mesmo sendo identificados alguns componentes da Arquitetura da Informação nos websites pesquisados, faz-se necessário atentar para outros que poderiam trazer mais qualidade para a interface dos websites visando melhorar a qualidade de acesso às informações pelos usuários. Visando contribuir nesse sentido foi elaborado um checklist visando auxiliar no planejamento e construção de sistemas de Arquitetura da Informação em websites de organizações de saúde.
Abstract: Herewith we present the results of the research whose main objective is to evaluate the presence of the information architecture components in the websites of secondary and tertiary care hospitals at the State of Ceará, aiming to contribute to the access to the information demanded. Our theoretical background has to do with the relationship between science information and health sciences and information architecture. The methodology used was based on exploratory and descriptive research aiming at deepening the knowledge about information architecture, information science and health organizations as well as detailing the phenomena observed. The structuralist method guided our analysis so that we could understand how information architecture systems present themselves in the structure of the websites investigated. The study of the websites was conducted by a content analysis observing the information architecture components. The environment of the research consisted of four (4) websites of health organizations considered as secondary and tertiary. The results show that the systems of organization, labeling, navigation and search, which make up the information architecture are present in the websites, even if not in their totality nor in an efficient way. We identified some problems, among them: non-standardized contents, non-enabled hyperlinks, hierarchically unstructured content, ambiguous or decontextualized textual and iconographic labels. We conclude that, although some information architecture components were identified in the websites investigated, it is necessary to pay attention to other components that could improve the quality of the interface of the websites in order to enhance the quality of information access by users. Aiming to contribute in this sense, we made a checklist to help us in the planning and construction of information architecture systems in health organizations websites.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40317
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGCI - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_irnascimento.pdf5,93 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.