Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40156
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSilva, Joselina da-
dc.contributor.authorSilva, Cristiane Sousa da-
dc.date.accessioned2019-03-08T15:19:17Z-
dc.date.available2019-03-08T15:19:17Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationSILVA, Cristiane Sousa da. Do Quilombo Sítio Veiga à Universidade: uma experiência extensionista antirracista no Sertão Central cearense - UFC. 2018. 196f. - Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40156-
dc.description.abstractThe present thesis has as main objective to analyze the extensionist actions of the Multidisciplinary Nucleus in Quilombola Teaching (Numeq) and its contribution to an antiracist education in private higher education in Quixadá-CE. And as specific objectives have: to promote the training of students and teachers on the historical, cultural and social re-signification of the black and quilombola population in Brazil; to recognize the relevance of the racial question in the academy as well as to contribute to the construction of new knowledge in the practice of teaching and learning; to know the history and culture of Quilombo Sítio Veiga and transform it into knowledge to be worked in private higher education; contribute to the valorization and visibility of racial issues in private higher education in the areas of human, exact and health. The methodology used was of a qualitative nature with a focus on intervention research, the constitution of the field of intervention took place in the higher education of private network located in the Central Hinterland of Ceará, in the city of Quixadá. For the composition of the sample were inferred 5 teachers/ and 18 students participating in the 6 courses involved in Numeq in the period 2015.1 and 2015.2. As a research technique in order to collect the data, we opted for participant observation that allowed the effective participation of the researcher in the group, both in the training meetings and in the interventions in the quilombo community Sítio Veiga. And the second instrument we prioritized was the questionnaire aimed at evaluating students and teachers‟ views on race before and after intervention research. To interpret the data collected in the field research, we used the technique of content analysis to interpret the data collected in the questionnaires, the categories emerged from the responses of those involved in this investigation, which were: Numeq and the dialogue with the teachers and students: Experiences, looks and understanding; Numeq and contributions to an anti-racist academic formation. From the results, it could be noted that, in the first category, Numeq allowed the students and teachers to have a broad vision and a political and historical awareness about the oppressions, more specifically on racism. Regarding the second category – Numeq and contributions to an anti-racist academic formation –, it is important to place the racial theme at the heart of the debate in an interdisciplinary bias through the relationship theory and practice in the quilombo, as well as to bring to the fore voices and silenced and hidden images of the curriculum through these extensionist actions.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectEducação antirracistapt_BR
dc.subjectExtensão universitáriapt_BR
dc.subjectExperiência antirracistapt_BR
dc.titleDo Quilombo Sítio Veiga à Universidade: uma experiência extensionista antirracista no Sertão Central cearensept_BR
dc.typeThesispt_BR
dc.description.abstract-ptbrA presente tese tem como objetivo principal analisar as ações extensionistas do Núcleo Multidisciplinar em Ensinamento Quilombola (Numeq) e de sua contribuição para uma educação antirracista no ensino superior privado em Quixadá-CE, e como objetivos específicos tem: promover a formação de alunos e professores sobre o ressignificado histórico, cultural e social da população negra e quilombola no Brasil; reconhecer a relevância da questão racial na academia, bem como contribuir na construção de novos saberes na prática docente e discente; conhecer a história e cultura do Quilombo Sítio Veiga e transformá-la em conhecimento a ser trabalhado no ensino superior privado; contribuir com a valorização e visibilidade da questão racial no ensino superior privado nas áreas de humanas, exatas e da saúde. A metodologia utilizada foi de natureza qualitativa, com enfoque na pesquisa-intervenção. A constituição do campo de intervenção se deu no ensino superior de rede privada localizada no Sertão Central do Ceará, na cidade de Quixadá. Para a composição da amostra, participaram cinco professores/as e 18 estudantes participantes dos seis cursos envolvidos no projeto de extensão no período de 2015.1 e 2015.2. Como técnica de investigação no intuito de recolher os dados, optamos pela observação participante, o que permitiu a participação efetiva do pesquisador no grupo, tanto nos encontros de formação quanto nas intervenções na comunidade quilombola Sítio Veiga. O segundo instrumento que priorizamos foi o questionário, que teve o intuito de avaliar a visão de estudantes e professores a respeito da questão racial antes e depois da pesquisa-intervenção. Participaram e responderam o questionário apenas os/as docentes e os/as estudantes mais assíduos/as no período investigado. Para interpretar os dados colhidos na pesquisa de campo, recorremos à técnica da análise de conteúdo. As categorias emergiram a partir das respostas dos envolvidos nessa investigação, que foram: o Numeq e o diálogo com os/as professores/as e estudantes: vivências, olhares e entendimentos; o Numeq e contributos para uma formação acadêmica antirracista. Pelos resultados, pôde-se notar que, na primeira categoria, o projeto de extensão permitiu, a partir das leituras, reflexões e vivências, que os/as estudantes e professores/as tivessem uma visão abrangente e uma consciência política e histórica acerca das opressões, mais especificamente do racismo. Já em relação à segunda categoria – o Numeq e contributos para uma formação acadêmica antirracista –, destaca-se colocar a temática racial no âmago do debate num viés interdisciplinar por meio da relação entre teoria e prática no quilombo, além de trazer à tona as vozes e imagens silenciadas e ocultadas do currículo através dessas ações extensionistas.pt_BR
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_cssilva.pdf4,5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.