Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39664
Title in Portuguese: Articulação entre o professor do Atendimento Educacional Especializado (AEE) e o professor do ensino comum: Um estudo das perspectivas do trabalho colaborativo em duas escolas municipais de Fortaleza
Author: Araruna, Maria Rejane
Advisor(s): Figueiredo, Rita Vieira de
Keywords: Inclusão
Atendimento Educacional Especializado (AEE)
Trabalho colaborativo
Ensino comum
Atendimento Especializado
Educação Especial - Fortaleza –CE
Educação inclusiva - Rede Municipal de Ensino - Fortaleza –CE
Educação inclusiva - Fortaleza –CE
Issue Date: 2018
Citation: ARARUNA, Maria Rejane. Articulação entre o professor do Atendimento Educacional Especializado (AEE) e o professor do ensino comum: Um estudo das perspectivas do trabalho colaborativo em duas escolas municipais de Fortaleza - UFC. 2018. 198f. - Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2018.
Abstract in Portuguese: Esta tese objetiva analisar as condições para a construção de um trabalho colaborativo entre o professor do Atendimento Educacional Especializado (AEE) e o professor de ensino comum, em duas escolas municipais de Fortaleza, a partir do desenvolvimento de uma pesquisa-intervenção. A literatura científica nacional e internacional (BRAUN, 2012; MENDES, 2006; KAMPWIRTH, 2003; MURAWSKI, SWANSON, 2001) que trata sobre experiências em práticas inclusivas indicam o trabalho colaborativo entre professores como estratégia positiva na resolução de problemas alusivos ao processo ensino-aprendizagem. A revisão bibliográfica e os fundamentos do estudo contemplam pesquisas sobre o trabalho colaborativo, a formação e o saber docente e os pressupostos implicados na transformação das práticas pedagógicas articuladas a teoria da mudança. A metodologia foi a pesquisa-intervenção caracterizada pela produção de práticas pedagógicas coletivas e inovadoras e o compartilhamento do saber no qual os participantes promovem ações com a intenção de mudança. Participaram da pesquisa duas professoras do AEE e oito professoras do ensino comum. O estudo constou de quatro etapas: i. exploratória/inicial; ii. encontros de formação e de trabalho para a planejamento de estratégias colaborativas; iii. execução das estratégias de colaboração entre as professoras; iv. avaliação final. Os resultados indicam que a articulação entre os dois grupos de docentes (professoras de AEE e professoras da sala comum) ocorre de forma assistemática, sem planejamento prévio ou intencionalidade definida, via de regra com vistas a atender a emergência de situações cotidianas junto aos estudantes público-alvo da Educação Especial. Evidenciou-se que, embora as professoras tenham manifestado disponibilidade para a articulação, alguns fatores limitam as iniciativas nesse sentido. As condições de trabalho são incompatíveis com uma perspectiva inovadora do ensino, a sobrecarga de trabalho a que são submetidas os docentes, as condições estruturais e a superlotação nos ambientes em que trabalham, são alguns dos aspectos que desfavorecem sobremaneira a articulação e a efetivação de práticas colaborativas. O estudo realça a necessidade de reestruturação dos horários dos professores para que possam realizar encontros para estudos e colaboração entre eles. Se faz necessário investimento em formações continuadas pelos sistemas de ensino que mobilizem práticas colaborativas e não apenas articulações assistemáticas e fortuitas, que fortaleçam a relação teoria-prática de modo que enfoquem as demandas relativas a esses estudantes. Sob essas circunstâncias, para que o trabalho colaborativo entre os professores aconteça e tenha êxito, deve ser compreendido como um processo em construção e não como um episódio para resolver problemas emergenciais no contexto inclusivo. As condições para o desenvolvimento de um trabalho colaborativo entre os docentes tem grande potencial nas escolas, seus principais desafios são também seus grandes fatores potenciais. Portanto, vincula-se a superação de fatores organizacionais limitadores evidenciados pelo estudo, a partir, notadamente de uma reorganização institucional. Esses são indicadores importantes e condição essencial para a efetivação de práticas inovadoras e colaborativas entre os grupos de professores pesquisados. Destaca-se também, a pertinência do trabalho colaborativo entre esses dois grupos de profissionais na escola, na medida em que poderá contribuir para a mobilização e o desenvolvimento profissional dos docentes e a melhoria dos resultados da aprendizagem dos estudantes e seu processo de inclusão.
Abstract: This thesis aims to analyze the conditions for the construction of a collaborative work between the teacher of the Specialized Educational Assistance (AEE) and the common teaching teacher, in two municipal schools of Fortaleza, from the development of an intervention research. The nacional and international scientific literature (BRAUN, MENDES, 2006; KAMPWIRTH, 2003; MURAWSKI, SWANSON, 2001) that deals with experiences in inclusive practices indicates the collaborative work among teachers as a positive strategy in solving problems related to the teaching- learning. The bibliographic review and the foundations of the study contemplate researches on the collaborative work, the formation and the teaching knowledge and the presuppositions implied in the transformation of the pedagogical practices articulated to the theory of the change. The methodology was the intervention research characterized by the production of collective and innovative pedagogical practices and the sharing of knowledge in which the participants promote actions with the intention of change. Two ESA teachers and eight teachers participated in the study. The study consisted of four stages: i. exploratory / initial; ii. training and work meetings for the planning of collaborative strategies; iii. implementation of strategies for collaboration among teachers; iv. final evaluation. The results indicate that the articulation between the two groups of teachers (ESA teachers and teachers of the common room) occurs in an unsystematic way, without prior planning or defined intentions, as a rule with a view to attending the emergence of everyday situations with students of Special Education. It was evidenced that, although the teachers expressed their willingness to articulate, some factors limit the initiatives in this sense. Working conditions are incompatible with an innovative approach to teaching, work overload to teachers, structural conditions and overcrowding in the environments in which they work, are some of the aspects that greatly disfavour the articulation and implementation of practices collaborative. The study highlights the need to restructure teachers' schedules so that they can hold meetings for study and collaboration between them. It is necessary to invest in continuing education systems that mobilize collaborative practices and not just assemblages and fortuitous articulations that strengthen the theory-practice relationship so that they focus the demands on these students. Under these circumstances, for collaborative work between teachers to succeed, it must be understood as a process under construction and not as an episode to solve emergency problems in the inclusive context. The conditions for the development of collaborative work among teachers have great potential in schools, their main challenges are also their great potential factors. Therefore, it is linked to the overcoming of limiting organizational factors evidenced by the study, mainly from an institutional reorganization. These are important indicators and an essential condition for the implementation of innovative and collaborative practices among the groups of teachers surveyed. It is also important to highlight the relevance of the collaborative work between these two groups of professionals in the school, as it can contribute to the mobilization and professional development of teachers and the improvement of student learning outcomes and their inclusion process.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39664
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_mrararuna.pdf2,44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.