Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39463
Title in Portuguese: A mobilização de saberes no ensino da gramática em sala de aula de português língua estrangeira
Author: Sousa, Ana Edilza Aquino de
Advisor(s): Leurquin, Eulália Vera Lúcia Fraga
Keywords: Português língua estrangeira
Ensino de gramática
Saberes
Issue Date: 2018
Citation: SOUSA, Ana Edilza Aquino de. A mobilização de saberes no ensino da gramática em sala de aula de português língua estrangeira. 2018. 223f. - Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2018.
Abstract in Portuguese: Este estudo se desenvolveu com o objetivo principal de investigar, através do discurso do professor, a mobilização de saberes no ensino da gramática em sala de aula de Português língua estrangeira (PLE). Neste sentido, com base no agir linguageiro proveniente das cenas de sala de aula, da entrevista de explicitação e da situação de autorreflexão realizadas com os docentes colaboradores da pesquisa, 1) identificamos como o professor de PLE representa a aula de gramática e se representa nela; 2) analisamos os saberes mobilizados pelo professor no contexto de ensino de gramática em sala de aula de PLE; 3) analisamos que modalizações marcam discursivamente as avaliações do professor sobre os saberes que envolvem o ensino de gramática em sala de aula de PLE e 4) analisamos de que ordem são as intenções e os impedimentos do professor de PLE frente às práticas de ensino de gramática em sala de aula de PLE. Ancoramo-nos no quadro teórico-metodológico do Interacionismo Sociodiscursivo (BRONCKART 1999, 2004, 2008), nas noções de saberes a ensinar e para o ensino (HOFSTETTER E SCHNEUWLY, 2004) e no refinamento desses tipos de saberes realizado por Leurquin (2018) e no conceito de modalizadores do agir professoral (LEURQUIN, 2013). Elegemos, no que diz respeito as categorias analíticas, o conteúdo temático e os mundos representados, os saberes a ensinar e os saberes para o ensino, as modalizações e os modalizadores do agir professoral. O resultado da análise revelou que as representações de uma aula de gramática presentes no discurso do professor em sala de aula resvalam diretamente nos saberes a ensinar e nos saberes para o ensino que são mobilizados. Durante a entrevista de explicitação, as avaliações sobre estes saberes são marcadas nas verbalizações dos professores através de modalizações apreciativas e de modalizações pragmáticas, em maior ocorrência. Também, verificamos que as autorreflexões das docentes apontam para intenções, conflitos e impedimentos quanto a um ensino gramatical articulado às práticas linguageiras. Por fim, observamos que a ação interpretativa do agir, através de dispositivos que geram a verbalização sobre fatos vividos e que possibilitam autorreflexões sobre todo o processo didático, é capaz de mobilizar no professor a tomada de consciência quanto às suas intenções, seus conflitos e os impedimentos presentes nas práticas de ensino da gramática.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39463
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGL - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_aeasousa.pdf1,51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.