Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39389
Title in Portuguese: Acompanhamento da larvicultura do Camarão pitu, Macrobrachium carcinus, no Centro de Pesquisas em Carcinicultura do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas, em Fortaleza
Author: Holanda, Welliana Silva Sampaio de
Advisor(s): Oliveira, Elenise Gonçalves de
Keywords: Camarão (Crustáceo) - Criação
Camarão Pitu (Crustáceo) - Criação
Camarão Pitu (Crustáceo) - Larvicultura
Engenharia de Pesca
Issue Date: 2007
Citation: HOLANDA, Welliana Silva Sampaio de. Acompanhamento da larvicultura do Camarão pitu, Macrobrachium carcinus, no Centro de Pesquisas em Carcinicultura do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas, em Fortaleza. 2007. 27 f. Monografia (Graduação em Engenharia de Pesca)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2007.
Abstract in Portuguese: A carcinicultura de água doce é uma atividade alternativa para a produção de crustáceos e preservação de suas populações naturais. Diante disto, durante a realização do Estágio Supervisionado, foram acompanhadas atividades relativas à larvicultura do Macrobrachium carcinus no Centro de Pesquisas em Carcinicultura (CPC), pertencente ao Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), na praia de Iracema em Fortaleza/CE. A infra-estrutura do CPC/DNOCS destinada a larvicultura do M. carcinus, compreende: tanques de mistura de água, tanques de maturação, tanques de desova, tanques de desenvolvimento larval, incubadoras para eclosão de Artemia, setor de preparação de alimento, laboratório de análise físico-química de água, setor administrativo e setor de expedição de pós-larvas. Os camarões destinados à reprodução são capturados na natureza e estocados nos tanques de maturação, seguindo-se a partir daí um manejo de rotina consistindo de: limpeza de tanques, monitoramento de água, fornecimento de alimento constituído de dieta úmida (a base de organismos aquáticos) e seca (a base de ração), exame para verificação de fêmeas ovadas, estocagem de fêmeas ovadas nos tanques de eclosão (maternidade), coleta de pós-larvas, produção e fornecimento de alimento vivo (Artemia sp) e avaliação das condições das pós-larvas. Com base no observado, pode-se dizer que a taxa de sobrevivência do M. carcinus é baixa, fato atribuído à alta taxa de canibalismo e ao estado selvagem da espécie; que há necessidade de aperfeiçoamento das técnicas para produção controlada de larvas; e que o estágio é de suma importância para o desempenho profissional do Engenheiro de Pesca.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39389
Appears in Collections:ENGENHARIA DE PESCA - Trabalhos Acadêmicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2007_tcc_wssholanda.pdf29,96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.