Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39373
Title in Portuguese: Utilização de Copépodos enriquecidos com Spirulina Platensis durante a fase de reversão sexual da Tilápia do Nilo, Oreochromis Niloticus (Vr. Chitralada), em condições laboratoriais
Author: Queiroz, Rafael Viana de
Advisor(s): Farias, Wladimir Ronald Lobo
Keywords: Tilápia (Peixe)
Tilápia do Nilo (Peixe) - Reversão sexual
Engenharia de Pesca
Issue Date: 2007
Citation: QUEIROZ, Rafael Viana de. Utilização de Copépodos enriquecidos com Spirulina Platensis durante a fase de reversão sexual da Tilápia do Nilo, Oreochromis Niloticus (Vr. Chitralada), em condições laboratoriais. 2007. 23 f. Monografia (Graduação em Engenharia de Pesca) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2007.
Abstract in Portuguese: A larva da tilápia do Nilo, Oreochromis niloticus, durante os primeiros dias de vida, supre suas necessidades nutricionais com a reserva vitelínica, pois nem a boca encontra-se aberta nem o trato intestinal completamente formado. Após o consumo do vitelo, o peixe já é uma pós-larva e sua alimentação passa a ser exógena e é composta, principalmente, por microalgas e zooplâncton, principalmente, copépodos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência do alimento natural durante o período de reversão sexual da tilápia do Nilo. O experimento constou de 3 tratamentos divididos em 3 repetições, com uma duração de 28 dias, utilizando uma densidade de 2 pós-larvas. L-1. No tratamento controle foi utilizada apenas ração contendo o hormônio masculinizante. Noutro tratamento foram utilizados copépodos e ração com hormônio e, em um terceiro tratamento, foram utilizados copépodos alimentados com a microalga Spirulina platensis além da ração contendo o hormônio. No início do cultivo, os peixes apresentaram peso médio inicial de 0,015 g e comprimento médio inicial de 0,8 cm. Após a reversão sexual (28 dias), foram obtidos, para os respectivos tratamentos, pesos e comprimentos finais de 0,190 g e 2,22 cm; 0,211g e 2,56 cm e 0,221 g e 2,70 cm. A análise estatística evidenciou que todos os tratamentos apresentaram pesos e comprimentos médios finais significativamente diferentes ao nível de significância de 5%, enquanto que a sobrevivência média, entre os tratamentos, não apresentou diferença significativa. O melhor resultado foi observado no terceiro tratamento (ração + copépodos enriquecidos com S. platensis), no qual houve maior ganho de biomassa e comprimento. Desta forma, podemos concluir que a oferta de alimento natural, durante a fase de reversão sexual da tilápia do Nilo, aumentou o desempenho das pós-larvas.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39373
Appears in Collections:ENGENHARIA DE PESCA - Trabalhos Acadêmicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2007_tcc_rvqueiroz.pdf23,45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.