Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39259
Title in Portuguese: Bacteriologia da ostra crassostrea rhizophorae e da água do entorno no estuário do rio Pacoti (Eusébio-Ceará) - identificação de escherichia coli e sua susceptibilidade a diferentes antimicrobianos
Author: Atayde, Maylinque Albuquerque
Advisor(s): Vieira, Regine Helena Silva dos Fernandes
Keywords: Ostra - Cultivo
Ostra - Microbiologia
Água - Microbilogia
Engenharia de Pesca
Issue Date: 2007
Citation: ATAYDE, Maylinque Albuquerque. Bacteriologia da ostra crassostrea rhizophorae e da água do entorno no estuário do rio Pacoti (Eusébio-Ceará) - identificação de escherichia coli e sua susceptibilidade a diferentes antimicrobianos. 2007. 46 f. Monografia (Graduação em Engenharia de Pesca) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2007.
Abstract in Portuguese: Este estudo teve como objetivo avaliar a qualidade microbiológica da água do cultivo de ostras, localizado no Estuário do Rio Pacoti, assim como a qualidade das ostras, através do Número Mais Provável (NMP) de coliformes totais (Ct) e de coliformes termotolerantes (CT). Foram realizadas 15 coletas, durante o período de junho a novembro de 2006. A água do cultivo se manteve dentro dos limites permitidos pela Legislação em vigor. O NMP de Ct/100 mL variou de < 1,8 a 18.000 e de CT/100 mL de < 1,8 a 2.000, enquanto as ostras apresentaram variação de Ct e CT/g de < 1,8 a 3.500 e < 1,8 a 2.800, respectivamente. Vinte e cinco cepas identificadas como E. coli isoladas da água de cultivo foram testadas quanto a susceptibilidade a alguns antimicrobianos e se mostraram resistentes a ampicilina, nitrofurantoína, tetraciclina, sulfazotrin, ácido nalidíxico, ciprofloxacim, e a imipenem. Das ostras somente quatro cepas foram identificadas como E.coli e mostraram-se resistentes a tetraciclina e imipenem. Com base nos valores obtidos de Ct e CT da amostra de água e de ostras, foi possível constatar que: as águas do Rio Pacoti estão em boas condições segundo a legislação nacional; que a maioria das cepas de E. coli (59,43%), isoladas da água do Rio Pacoti foi sensível aos antimicrobianos empregados, com exceção do imipenem para o qual as cepas de E.coli apresentaram alto percentual de resistência (80%); que a sensibilidade das cepas de E.coli isoladas das amostras de ostras apresentouse alta à maioria dos antibióticos testados. É necessário uma Legislação mais clara, que possibilite a avaliação da qualidade microbiológica de moluscos consumidos in natura.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39259
Appears in Collections:ENGENHARIA DE PESCA - Trabalhos Acadêmicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2007_tcc_maatayde.pdf47,93 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.