Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39139
Title in Portuguese: Filmes de polianilina eletropolimerizados para uso como indicador colorimétrico para detecção da amônia
Author: Oliveira, Raíssa Costa de
Advisor(s): Romero, Francisco Belmino
Co-advisor(s): Furtado, Roselayne Ferro
Keywords: Polianilina
Indicador colorimétrico
Amônia
Issue Date: 2018
Citation: OLIVEIRA, Raíssa Costa de. Filmes de polianilina eletropolimerizados para uso como indicador colorimétrico para detecção da amônia. 2018. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química Bacharelado) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Neste trabalho foi desenvolvido um indicador colorimétrico para a detecção de amônia volátil, para aplicação em embalagens inteligentes, que pudesse informar ao consumidor a cerca do frescor do peixe, já que a amônia é a base volátil mais representativa no processo no seu processo de degradação. A polianilina (PANI), é um polímero condutor, bastante conhecido por ser dopada facilmente por protonação. Diante disso, estudou-se então o desenvolvimento de um indicador colorimétrico por meio da eletropolimerização da PANI. Para tanto foram utilizadas duas técnicas eletroquímicas, voltametria cíclica (VC) e por cronoaperometria (Crono) a fim de determinar qual seria a melhor técnica para o desenvolvimento do indicador. A avaliação da variação de cor que ocorreu em consequência da desdopagem do filme foi realizada com o auxílio de uma carta de cores. Foi analisado a morfologia dos filmes de PANI por meio do microscópio eletrônico de varredura (MEV), onde verificou-se morfologias distintas para o filme crescido por VC e por Crono. O limite de detecção do NH4OH foi determinado utilizando diferentes concentrações, de 0,00015 a 15 mol L−1, o limite foi determinado a partir da menor concentração para ocorrer a desdopagem do filme PANI-ES. O indicador desenvolvido por VC obteve limite de detecção de 0,05 mol L−1 e o por Crono obteve um limite de detecção de 0,015 mol L−1.
Abstract: In this work, a colorimetric indicator was developed for the detection of volatile ammonia for application in intelligent packages, which could inform the consumer about the freshness of the fish. ammonia is the most representative volatile base in the degradation process of fishes. Polyaniline (PANI) is a conductive polymer, well known for being easily doped by protonation. In this work, a colorimetric indicator was developed by electropolymerization of PANI. Two electrochemical techniques, cyclic voltammetry (VC) and chronopherometry (Crono) were used to determine the best technique for the development of the indicator. The evaluation of the color variation occurred as a consequence of the doping of the film and was performed with a color chart. The morphology of the PANI films was evaluated by scanning electron microscopy (SEM) and different morphologies were verified for the film grown by VC and by Crono. The detection limit of NH4OH was determined using different concentrations, from 0.00015 to 15 mol L-1, the limit was determined from the lowest concentration for the doping of PANI-ES film. The indicator developed by VC obtained a detection limit of 0.05 mol L-1 and that by Crono obtained a limit of detection of 0.015 mol L-1.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39139
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:QUÍMICA - BACHARELADO - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tcc_rcoliveira.pdf.pdf1,06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.