Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38793
Title in Portuguese: Avaliação do perfil citotóxico de análogos intermediários do (7-CLOROQUINOLIN-4-IL) Tiossemicarbazida e o perfil de morte celular da linhagem Kasumi-1
Title: Evaluation of the cytotoxic profile of intermediate analysis of (7-CHLOROQUINOLIN-4-IL) Thyrossemicarbazida and the cell death profile of the Kasumi-1
Author: Vieira Neto, José de Brito
Advisor(s): Pessoa, Claudia do Ó
Keywords: Câncer
Ácido Quinolínico
Morte Celular
Leucemia
Issue Date: 14-Jan-2019
Citation: VIEIRA NETO, J. B. Avaliação do perfil citotóxico de análogos intermediários do (7-CLOROQUINOLIN-4-IL) Tiossemicarbazida e o perfil de morte celular da linhagem Kasumi-1. 2019. 75 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Faculdade de Medicina. Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: Câncer pode ser definido como um conjunto de doenças correlacionadas, onde algumas células do corpo passam a crescer de forma desordenada; e quando migram para outros tecidos, esse processo é chamado de metástase. Dentre os tipos de câncer, a leucemia apresenta uma alta taxa de mortalidade e é um termo abrangente que faz referência aos tipos de câncer que afetam as células sanguíneas. A leucemia está entre os dez tipos de câncer que mais acomete a população brasileira. Devido a complexicidade no tratamento do câncer existe uma busca por novas moléculas, sendo o processo de hibridação bastante utilizado para o desenvolvimento de novas moléculas sintéticas com atividade antitumoral. Dentre as classes químicas com potencial de atividade antitumoral se tem os quinolínicos e os tiazodilínicos, ambos apresentam diversas atividades biológicas, dentre elas, a atividade antitumoral comprovada por diferentes estudos. Para o presente trabalho, foi avaliado o perfil citotóxico de análogos intermediários do (7-cloroquinolin-4-il) tiossemicarbazida e o mecanismo de perfil de morte celular da linhagem KASUMI-1 induzida pela molécula mais promissora: Cloroacetoacetato de etila (168). Dentre os análogos avaliados, três mostraram potencial antiproliferativo nas linhagens SF-295, HL-60, PC-3 e HCT-116, onde a linhagem mais suscetível a ação destes intermediários foi a linhagem leucêmica, sendo o análogo 168 o que apresentou maior seletividade para linhagem HL-60 com valor de CI50 de 2,41µM, enquanto que, quando avaliado o índice de seletividade entre a CI50 das células não tumorais (L929) com as de células tumorais, o índice foi >2. Devido a maior atividade do análogo 168 para a linhagem leucêmica, esta molécula foi avaliada frente a um painel com quatro linhagens leucêmicas no tempo de incubação de 24 horas, na qual a KASUMI-1, uma linhagem de leucemia mielóide aguda, foi selecionada para os experimentos de delineamento de perfil de morte celular induzido pelo análogo 168. As células foram tratadas com diferentes concentrações do análogo 168 (5µM, 10µM e 20µM) por 24 horas. No que se refere a viabilidade celular foi observado uma diminuição na integridade de membrana de maneira concentração dependente nas células de KASUMI-1, nas concentrações de 10µM e 20µM. Entretanto, na concentração de 5µM a molécula foi capaz de reduzir o número de células sem interferir na viabilidade celular. Além disso, a análise da externalização da fosfatidilserina apresentou um padrão apoptótico nas duas maiores concentrações. Ao analisar o ciclo celular, foi observado um acúmulo de células em G0/G1 com uma drástica redução da população em S, em todas as concentrações testadas. O análogo 168 também induziu o aumento da população de células em subG1, como também causou uma série de alterações morfológicas, a exemplo alteração nuclear e o aparecimento de “blebs” na membrana celular com indícios de apoptose. Desse modo, os resultados apresentados sugerem que, o análogo 168, poderá ser considerado um novo protótipo com potencial antitumoral.
Abstract: Cancer is as a set of correlated diseases, where some cells in the body start to grow disorderly and migrate to other tissues, a process called metastasis. Among cancers, leukemia has a high mortality rate and is a comprehensive term that refers to the types of cancer that affect blood cells. In the search for new molecules for the treatment of cancer, the hybridization process has been widely used for the development of new synthetic molecules with antitumor activity. Among the chemical classes with potential for antitumor activity, there are quinolines and thiazolidines, both of which present several biological activities, among them the antitumor activity proven by different studies. For the present study, the cytotoxic profile of intermediate analogs of (7-chloroquinolin-4-yl) thiosemicarbazide and the mechanism of cell death of the KASUMI-1 lineage induced by the most promising molecule: ethyl chloroacetoacetate (168) were evaluated. Among the analyzed analogues, three showed antiproliferative potential in the lines SF-295, HL-60, PC-3 and HCT-116, where the cell line most susceptible to the action of these intermediates was the leukemic line, selectivity for HL-60 lineage with IC50 value of 2.41uM, whereas for non-tumor lineage (L929), the IC50 value was> 25uM. Due to the selectivity of the 168 analog for leukemic lines, it was tested on a panel with 4 leukemic lines for 24 hour incubation time, where KASUMI-1, an acute myeloid leukemia lineage was selected for the mechanism of action of the analog 168. Cells were treated with different concentrations of analog 168 (5uM, 10uM and 20uM) for 24 hours. A cytostatic effect was observed in KASUMI-1 cells, from the concentration of 5uM and cytotoxic effect at concentrations of 10uM and 20uM, when evaluated by flow cytometry. In addition, the phosphatidylserine externalization analysis showed an apoptotic pattern at the two highest concentrations. Moreover, the cell cycle analysis, showed an accumulation of cells in G2 / M phase with a drastic reduction of the population in S, from the concentration of 10uM. The analog 168 also induced an increase in the cell subG1population, and also caused a number of morphological changes, for example nuclear change and the appearance of blebs in the cell membrane with evidence of apoptosis. Thus, the presented results suggest that, analogue 168, could be considered a new prototype with antitumor potential.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38793
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGF - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_jbvneto.pdf1,95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.