Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38702
Title in Portuguese: Influência de uma dieta livre de glúten na sensibilidade à dor de mulher com disfunção temporomandibular: relato de caso
Author: Nogueira, Sandra Maria Abreu
Advisor(s): Pontes, Karina Matthes de Freitas
Keywords: Transtornos da Articulação Temporomandibular
Dieta Livre de Glúten
Limiar da Dor
Issue Date: 6-Dec-2018
Citation: NOGUEIRA, S. M. A. Influência de uma dieta livre de glúten na sensibilidade à dor de mulher com disfunção temporomandibular: relato de caso. 2018. 26 f. TCC (Graduação em Odontologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: A ligação entre hábitos alimentares e doenças dolorosas crônicas tem se tornado cada vez mais consistente e a eliminação do glúten da dieta de pacientes com essas desordens está se tornando uma intervenção com alto potencial para melhora clínica. O objetivo deste relato é demonstrar a redução do quadro de dor secundária a Disfunção Temporomandibular (DTM) após intervenção com uma Dieta Livre de Glúten (DLG) em mulher com dor miofascial da musculatura mastigatória e artralgia da Articulação Temporomandibular (ATM), com queixa geral descrita como 9 na Escala Visual Analógica (EVA). Foram realizados os seguintes Testes Sensoriais Quantitativos (TSQ): Teste de Sensibilidade Tátil (TST), Limiar Doloroso Mecânico (LDM), Limiar de Dor à Pressão (LDP), Somação Temporal (ST) e Modulação da Dor Condicionada (MDC), a fim de fornecer dados para a avaliação do paciente e também quantificar os efeitos do tratamento. Após um mês de intervenção com DLG, a paciente relatou uma considerável melhora da dor (1 na EVA) e foi reavaliada por TSQ. Houve aumento nos valores de LDD e LDP, indicando redução na sensibilidade à dor. A ST diminuiu e o MDC melhorou, indicando uma redução na sensibilização central e melhora na modulação da dor. A redução da hiperexcitabilidade do Sistema Nervoso Central, também, foi observada pelo aumento dos valores do LDP em todos os sítios avaliados e pela melhora nos valores da MDC. Este caso leva a crer que, quando o glúten é retirado da dieta, indivíduos com DTM podem experimentar redução da dor. A DLG parece ser um tratamento promissor para o manejo da DTM.
Abstract: The relationship between dietary habits and chronic painful disorders has become increasingly consistent, and a Gluten Free Diet (GFD) has been recognized as an intervention with high potential of clinical improvement. The present study aimed to do a case report of Temporomandibular Disorders (TMD) pain remission after treatment with a GFD of woman with myofascial pain of masticatory muscles and Temporomandibular Joint (TMJ) arthralgia. Quantitative Sensory Testings (QST), such as Mechanical Detection Threshold (MDT), Mechanical Pain Threshold (MPT), Pressure Pain Threshold (PPT), Wind-up ratio (WUR) and Conditioned Pain Modulation (CPM) were performed in order to evaluate patient´s pain mechanisms and also to quantify treatment effects. After 1 month of GFD intervention, the patient reported a considerable pain reduction. MPT and PPT values increased, indicating reduction on pain sensitivity, while WUR reduced and CPM improved, indicating a reduction on central sensitization and improvement on pain modulation. This case leads to believe that when gluten is withdrawal from the diet, individuals with TMD may experience pain reduction. GFD seems to be a promising treatment for TMD management.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38702
Appears in Collections:ODONTOLOGIA - Monografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tcc_smanogueira.pdf913,83 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.