Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38357
Title in Portuguese: A recategorização como processo de construção de objetos de discursos: quando grafitar é transformar a realidade
Author: Oliveira, Francisca Poliane Lima de
Costa, Maria Helenice Araújo
Keywords: Recategorização
Graffitis
Texto
Issue Date: 2018
Publisher: Revista Entrepalavras
Citation: OLIVEIRA, Francisca Poliane Lima de; COSTA, Maria Helenice Araújo. A recategorização como processo de construção de objetos de discursos: quando grafitar é transformar a realidade. Revista Entrepalavras, Fortaleza, ano 8, v. 8, n. 2, p. 137-155, maio/ago. 2018.
Abstract in Portuguese: Pelos relatos que temos sobre a escrita, no decorrer da história, constatamos que o graffiti convive conosco há muito tempo. Atualmente, estas marcas “expressam com traços, letras e desenhos, as contradições implicadas na vivência urbana contemporânea”. A partir dessa premissa nos dedicamos a analisar uma obra que nos chamou a atenção por sua peculiaridade em termos de produção. Para tanto, nos apropriamos de uma concepção dinâmica de texto – em que este é tido como um evento comunicativo (BEAUGRANDE, 1997) – e também de uma noção de recategorização que aponta para além da materialidade textual (COSTA, 2007; JAGUARIBE, 2007). Além das observações acerca do fazer nesta obra específica, buscamos ainda mostrar o poder de transformação social, cognitiva e estética que os graffitis podem operar na realidade. Estudar mais detidamente uma situação de produção textual, como essa que trouxemos aqui, nos fez ver como se processa a discretização do mundo nos discursos e como se dá a junção da vida com a arte. Tomar o exemplar desta análise do modo como o fizemos nos auxiliou a pensar atentamente acerca dessa característica de dinamismo das produções de linguagem sobre a qual viemos falando e ainda a mostrar que a recategorização é um processo que ocorre também em nível extratextual, ou seja, sobre a realidade.
Abstract: Through the reports we have on writing, throughout history, graffiti has been living with us for a long time. Today, these brands “express with traces, letters and drawings, the contradictions implied in the contemporary urban experience”. From this premise we are dedicated to analyzing a work that has caught our attention because of its peculiarity in terms of production. In order to do so, we adopt a dynamic conception of text - in which it is seen as a communicative event (BEAUGRANDE, 1997) - and also of a notion of recategorization that points beyond textual materiality (COSTA, 2007; JAGUARIBBE, 2007). In addition to the observations about doing in this specific work, we also seek to show the power of social transformation, cognitive and aesthetic that graffiti can operate in reality. To study more closely a situation of textual production like the one we brought here, made us see how the discretization of the world in the speeches takes place and how the union of life with art takes place. Taking the example of this analysis as we have done here has helped us to think carefully about this characteristic of dynamism of the language productions about which we have been speaking and still to show that recategorization is a process that also occurs at an extratextual level, about reality.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38357
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 2237-6321
Appears in Collections:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_fploliveiramhacosta.pdf514,15 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.