Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38260
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorArrais Neto, Enéas de Araújo-
dc.date.accessioned2018-12-20T13:56:56Z-
dc.date.available2018-12-20T13:56:56Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.citationARRAIS NETO, Enéas de Araújo. Arquitetura, ideologia e produção: o uso do edifício público como veículo de comunicação no período do “Regime Militar” brasileiro. Revista LABOR, Fortaleza, v. 1, n. 18, p. 1-15, jul./dez. 2017.pt_BR
dc.identifier.issn1983-5000-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38260-
dc.description.abstractThis paper presents the arquitectural critique of a specific group of edifications built in the city of Fortaleza during the period of the military governments in Brazil. The character of the architecture developed by the military government in public buildings in this period is common all over the country: the facilities were built to with the intention to occupy the cities as out-doors of the military governments, diffusing images of modernization, rationality, economic development and the power of the state. Through the use of architectural language, by the means of design, project, materials, forms and other ways, the architecture of the public sector played the role of ideology, besides introducing imported materials and equipment previously unused in the building sector of the country.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherRevista LABORpt_BR
dc.subjectArquiteturapt_BR
dc.subjectIdeologiapt_BR
dc.subjectPsicologia da arquiteturapt_BR
dc.subjectSociologia da arquiteturapt_BR
dc.titleArquitetura, ideologia e produção: o uso do edifício público como veículo de comunicação no período do Regime Militar Brasileiropt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrEste artigo tem como objetivo analisar os edifícios sedes dos órgãos públicos federais construídos na cidade de Fortaleza durante os anos de vigência do “Regime Militar”. Parte da compreensão de que a arquitetura, enquanto objeto de fruição coletiva, assume o papel de meio de comunicação de massa no espaço urbano e, como tal, foi um dos instrumentos de divulgação ideológica dos governos militares dirigidos aos setores sociais urbanos; veiculando principalmente idéias de modernização, desenvolvimento, racionalidade, onipotência do poder estatal e autoritarismo. Analisa igualmente as influências, neste processo, da cultura de classe do setor burocrático-estatal, e propõe que estas edificações, ao estabelecerem novos padrões estéticos e de utilização de materiais e equipamentos de procedência tecnológica estrangeira, se constituíram em elementos importantes do processo de abertura da economia nacional ao capital multinacional, em particular no que diz respeito ao mercado da construção civil.pt_BR
dc.title.enArchitecture, ideology and production: public buildings as out-doors for the Military Government in Brazilpt_BR
Appears in Collections:PPGEB - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_art_eaarraisneto.pdf494,23 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.