Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38251
Title in Portuguese: Avaliação escolar nos Conselhos de Classe: categorias do juízo professoral
Other Titles: Evaluación escolar en los Consejos de Clase: categorías del juicio profesoral
L’évaluation scolaire aux Conseils de classe : les catégories d’entendement des enseignants
Title: Evaluation of School Board meetings: teachers’ assessment categories
Author: Earp, Maria de Lourdes Sá
Keywords: Observação participante
Pesquisa qualitativa em escolas
Etnografia
Conselho de classe
Issue Date: 2014
Publisher: Revista Avaliação de Políticas Públicas (AVAL)
Citation: EARP, Maria de Lourdes Sá. Avaliação escolar nos Conselhos de Classe: categorias do juízo professoral. Revista Avaliação de Políticas Públicas (AVAL), Fortaleza, ano 7, v. 2, n. 14, p. 166-185, jul./dez. 2014.
Abstract in Portuguese: Este trabalho tem como objetivo descrever o juízo professoral de estudantes nos Conselhos de Classe. Quais os modos de julgamento dos professores? Que aluno é bem ou mal julgado e a partir de que critérios? Como opera a reprovação na avaliação e classificação dos alunos? Essas indagações foram respondidas a partir de dados colhidos de forma etnográfica em Conselhos de Classe de uma escola de ensino fundamental da cidade do Rio de Janeiro. O juízo professoral foi reunido em categorias construídas a partir de frases proferidas pelos agentes nos conselhos. A descrição e análise dos registros revelaram que o juízo professoral segue uma lógica de julgamento mais moral do que escolar. Nesse sentido, o diagnóstico e as soluções para as dificuldades de aprendizagem dos alunos são remetidos para fora da escola, sendo a reprovação o modo escolar legítimo de seleção dos alunos indesejáveis do ponto de vista docente.
Abstract: This work aims at describing teachers‟ assessment of students in School Board meetings. What are teachers‟ ways of judging? What students are well or poorly judged and under what criteria? What role does failure play on students‟ evaluation and classification? These questions have been answered based on the data collected ethnographically in school board meetings in an elementary school in Rio de Janeiro. Teachers‟ assessment has been assembled in categories framed according to sentences uttered by school board agents in meetings. The description and analysis of the records have revealed that teachers‟ assessment follows a moral judgmental logic rather than an educational one. Thus, the diagnostic and the solution to students‟ learning difficulties are consigned out of school, and failure is the school genuine way to single out unwanted students from teachers‟ point of view.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38251
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 2176-9923 (online)
1984-3100 (impresso)
Appears in Collections:MAPP - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_art_mlsearp.pdf491,48 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.