Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37885
Title in Portuguese: Expansão do capital monopolista: sua internacionalização na economia brasileira - indústria pesqueira
Author: Machado Filho, Francisco Chagas
Advisor(s): Almeida, Agamenon Tavares de
Keywords: Acumulação de capital
Indústria pesqueira
Investimentos estrangeiros
Issue Date: 1983
Citation: MACHADO FILHO, Francisco Chagas. Expansão do capital monopolista: sua internacionalização na economia brasileira - indústria pesqueira. Dissertação (Mestrado) - FEAAC - Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade - CAEN - Programa de Pós Graduação em Economia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 1983
Abstract in Portuguese: o estágio imperialista atingido pelo processo de desenvolvimento capitalista leva este modo de produção a uma multiplicidade de problemas. O processo de acumulação de capital cria a necessidade de sua própria expansão. Por outro lado, a sua inter nacionalização representa a manutenção e o crescimento de novas taxas de exploração. Assim, a internacionalização do capital traz, em si mesma, aquelas contradições inerentes ao modo capitalista de produção (contradição entre capital e trabalho: contradições entre capitalistas). Deve-se acrescentar o fato de que nas economias sub desenvolvidas o nível de exploração é extremamente mais extorsivo, desde que ele antecipa formas de organização do capital que somente contribuem para intensificar sua exploração. No Brasil, a existência de corporações multinacionais re presenta o fortalecimento das desigualdades econômicas e sociais. Por um lado, torna possível concentrar recursos e poder, por outro, retira a influência das pequenas empresas e fortalece a drenagem de recursos para o exterior. A capitalização na indústria pesqueira, na qual a presença do capital internacional já está consolidada, bem demonstra estas contradições, não deixando dúvidas no que concerne à injustiça nas relações de produção nesta sociedade. No entanto, estas constatações, embora bastante contundentes, são inevitáveis se se mantém este tipo de sociedade. Ou seja, a internacionalização do crescimento da acumulação capitalista no seu todo.
Abstract: The imperialist stage reached in the process of capitalistic development leads, this mode of production into a multiplicity of problems. The process of capital .accumulation creates the nepds for its own expansion. On the other hand, its internationalization represents the maintenance and the growth of new rates of exploration. Then, the internationalízation of monopolistic capital brings within itself those contradictions inherent to the capitalistic mode of production (contradiction between capital and labor; contradictíonp among capitalists) • It has to be added the fact that in the underdeveloped economies the leveI of exploratíon ís extremely more extorsive, since it antecipates forms of capital organization wich only contribute to intensify its exploration. In Brazil, the existence of multinational corporations represents the strengthening of economic and social inequalities. On one hand, it makes possible to concentrate resources and power, on the other hand it with draws the influence of small enterprises the draining of resources to the exterior. The capitalization of the fishery industry, in which the presence of international capital is already established shows very well these contradictions, leaving no doubts, concerning the injustice in t_~~ ~elatJons of production in this society. However, these findings even-though rather shocking are inevitable if this kind of society is kept. Theinter nationalization of the growth of the capitalistic accumulation in itswhole.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37885
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1983_dis_fcmfilho.pdf64,08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.