Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37462
Title in Portuguese: Atributos da atenção primária nas internações de crianças: acesso de primeiro contato e longitudinalidade
Title: Primary care features in child hospitalization: first-contact access and longitudinality
Author: Benevides, Jessica Lima
Gubert, Fabiane do Amaral
Tomé, Marcela Ariadne Braga Gomes
Vasconcelos, Patricia Freire de
Dodt, Regina Cláudia Melo
Pinheiro, Sarah Rayssa Cordeiro Sales
Keywords: Cuidado da Criança
Atenção Primaria à Saúde
Issue Date: 2018
Publisher: Rev Rene
Citation: BENEVIDES, J. L. et al. Atributos da atenção primária nas internações de crianças: Acesso de primeiro contato e Longitudinalidade. Rev Rene, Fortaleza, v. 19, e3481, 2018.
Abstract in Portuguese: Objetivo: identificar os atributos da atenção primária à saúde Acesso de primeiro contato e Longitudinalidade em crianças hospitalizadas. Métodos: estudo transversal, realizado em dois hospitais, com 120 crianças menores de cinco anos de idade internadas por condições sensíveis à atenção primária em saúde. Coleta de dados realizada utilizando o Primary Care Assessment Tool. Resultados: o grau de afiliação obteve melhor escore (aproximadamente 8,0), sendo o único entre todos os componentes do instrumento avaliado de forma satisfatória (≥6,6). A Longitudinalidade (>4,0) apresentou menor escore em comparação ao Acesso de primeiro contato (5,6). Segundo os pais, o enfermeiro foi o profissional que mais realizou o acompanhamento na Puericultura. Conclusão: os resultados apontam fragilidades nos serviços e insatisfação dos cuidadores, evidenciados pela baixa orientação aos princípios da Atenção Primária à Saúde.
Abstract: Objective: to identify two features of primary health care, namely First-contact access and Longitudinality in hospitalized children. Methods: cross-sectional study carried out in two hospitals with 120 children under five years of age hospitalized due to sensitive conditions of primary health care. Data collection performed using the Primary Care Assessment Tool. Results: the degree of affiliation obtained a better score (approximately 8.0), being the only one among all components of the instrument satisfactorily evaluated (≥6.6). Longitudinality (>4.0) had a lower score than first-contact access (5.6). According to the parents, the nurse was the professional who had most performed the follow-up in childcare. Conclusion: the results point to weaknesses in services and carergivers’ dissatisfaction, evidenced by the poor following to the Primary Health Care principles.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37462
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 2175-6783 (On line)
Appears in Collections:DENF - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_jlbenevides.pdf212,78 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.