Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37333
Title in Portuguese: Funções discursivas do Infográfico da webnotícia do G1
Author: Sampaio, Francisco Marques
Advisor(s): Zavam, Aurea Suely
Keywords: Funções discursivas
Infográfico
Webnotícia do G1
Issue Date: 2018
Citation: Sampaio, F. M.; Zavam, A. S. (2018)
Abstract in Portuguese: Esta pesquisa qualitativa tem como objetivo geral analisar as funções discursivas do infográfico da webnotícia do G1 – o Portal de Notícias da Globo. No processo de transação, produz-se a notícia em função dos dados específicos de troca entre os sujeitos parceiros e do reconhecimento das condições de enunciação submetidas a um contrato de informação midiática. Para garantir a credibilidade do que é noticiado, o sujeito comunicante lança mão de um texto pluricódico: o infográfico. Com suas funções discursivas, este recurso estratégico torna-se um importante investimento na produção da matéria jornalística, suscitando a (re)construção dos sentidos do texto pelo sujeito interpretante. O infográfico da webnotícia do G1 constitui-se uma “prova de verdade” na produção do discurso informativo, atendendo-se à visada da informação (o “fazer saber”), à visada da captação (o “fazer sentir”) e a visada da demonstração (o “fazer crer”). Assim, o sujeito informador reporta os fatos por meio de duas atividades linguageiras: a descrição-narração e a explicação. Os “efeitos produzidos” no texto noticioso midiático interferem nas condições de interpretação por parte do sujeito receptor. Para fundamentar nossa pesquisa, valemo-nos do aporte teórico da Semiolinguística (CHARAUDEAU, 2015, 2014, 2012, 2010, 2005, 2001, 1996) que trata de uma problemática de gêneros, apoiando-se nos pressupostos de Bakhtin ([2003]2011). Sobre o gênero jornalístico, recorreu-se a autores como van Dijk (1990), Lage (2006), Canavilhas (2007) e Alves Filho (2011). Quanto ao infográfico, a pesquisa se voltou a autores do jornalismo, a exemplo de Teixeira (2010), e aos da Linguística, como Paiva (2013, 2009 e 2016). O corpus da pesquisa é composto de 10 (dez) webnotícias do G1 com infográficos, coletadas no período de agosto de 2016 a janeiro de 2017. Durante a análise dos dados, utilizamos, para o gênero, a explicação a partir de uma problemática do gênero, que considera o aspecto situacional e o contrato de comunicação; no que tange às funções discursivas do infográfico, foram essenciais os componentes da organização descritiva (o “Nomear”, o “Localizar-situar” e o “Qualificar”) e as categorias de dimensão situacional, técnica da imagem e discursiva para a análise da imagem apontadas por Mendes (2010). Pelos resultados, constata-se que o infográfico é um texto pluricódico e um traço constitutivo da webnotícia do G1, desempenhando várias funções discursivas, tais como acréscimo, validação e confirmação da informação, bem como a representação visual para (re)construir efeitos de sentido do texto.
Abstract: This qualitative research has as general objective to analyze the discursive functions of the infographic G1 - the Globo News Portal. In the transaction process, the news is produced based on the specific exchange data between the partner subjects and the recognition of the conditions of enunciation submitted to a media information contract. To ensure the credibility of what is reported, the communicating subject uses a pluricode text: the infographic. With its discursive functions, this strategic resource becomes an important investment in the production of journalistic material, provoking the (re) construction of the meanings of the text by the interpreting subject. The infographic of the G1 is a "proof of truth" in the production of the information discourse, taking into account the information objective (the "to know"), the aim of the capture (the "make feel") and the target of the demonstration (the "make believe"). Thus, the informant reports the facts through two linguistic activities: descriptionnarration and explanation. The "produced effects" in the news media interfere in the conditions of interpretation by the recipient subject. In order to base our research, we use the theoretical contribution of Semiolinguistics (CHARAUDEAU, 2015, 2014, 2012, 2010, 2005, 2001, 1996) that deals with a gender problem, based on the assumptions of Bakhtin ([2003] 2011). On the journalistic genre, authors such as van Dijk (1990), Lage (2006), Canavilhas (2007) and Alves Filho (2011) were used. As for the infographic, the research turned to authors of journalism, such as Teixeira (2010), and those of Linguistics, such as Paiva (2013, 2009 and 2016). The research corpus is composed of 10 (ten) webnews of the G1 with infographics, collected from August 2016 to January 2017. During the analysis of the data, we used, for the genre, the explanation based on a problematic of the genre, which considers the situational aspect and the communication contract; with regard to the discursive functions of the infographic, the components of the descriptive organization (the "Naming", "Locating" and "Qualifying") were essential and the categories of situational dimension, image technique and discourse for the analysis of image indicated by Mendes (2010). The results show that the infographic is a pluricode text and a constituent feature of the webnews of the G1, performing several discursive functions, such as adding, validating and confirming the information, as well as the visual representation to (re) construct sense effects text.
Description: SAMPAIO, Francisco Marques. Funções discursivas do Infográfico da webnotícia do G1. 2018. 248f. - Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará , Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37333
Appears in Collections:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_fmsampaio.pdf3,21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.