Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36828
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorRibeiro, Marcelo Rodrigues Souza-
dc.date.accessioned2018-11-01T13:55:42Z-
dc.date.available2018-11-01T13:55:42Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.citationRibeiro, M. R. S. (2017)pt_BR
dc.identifier.issn2179-9938-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36828-
dc.descriptionRIBEIRO, Marcelo Rodrigues Souza. A imagem como experiência em Untitled film stills. Passagens: Revista do Programa de Pós-graduação em Comunicação - UFC, Fortaleza (CE), v. 8, n. 2, p. 27-50, 2017.pt_BR
dc.description.abstractIn Untitled Film Stills (1977-1980), Cindy Sherman explores a poetics of masquerade and interrogates both the construction of “woman” as identity (questions of representation) and the “male gaze” (questions of mediation). By identifying different possible readings of the series, this article seeks to understand how the Untitled Film Stills constitute image as experience. I analyze the procedures of self-portraiture under erasure, the appropriation of genre memories and representations of gender identity, and the play with the limits between visible and invisible, as they are fixed by photography, mobilized by film and experienced in undecidable ways in Sherman’s series.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherPassagens - Revista do Programa de Pós-graduação em Comunicação - UFCpt_BR
dc.subjectCinemapt_BR
dc.subjectFotografiapt_BR
dc.subjectExperiênciapt_BR
dc.subjectFilmpt_BR
dc.subjectPhotographypt_BR
dc.subjectExperiencept_BR
dc.titleA imagem como experiência em Untitled film stillspt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrEm Untitled Film Stills (1977-1980), Cindy Sherman explora uma poética do mascaramento e interroga tanto a construção da “mulher” como identidade (questões de representação) quanto o “olhar masculino” (questões de mediação). Por meio da identificação de diferentes possibilidades de leitura da série, este artigo busca compreender como as Untitled Film Stills constituem a imagem como experiência. Analiso os procedimentos de autorretrato sob rasura, a apropriação de memórias de gêneros narrativos e de representações de identidade de gênero e o jogo com os limites entre visível e invisível, tal como são fixados pela fotografia, mobilizados pelo cinema e experimentados de modos indecidíveis na série de Sherman.pt_BR
dc.title.enImage as experience in Untitled film stillspt_BR
Appears in Collections:PPGCOM - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_art_mrsribeiro.pdf735,31 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.