Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36600
Title in Portuguese: Variação sazonal da salinidade em dois neossolos flúvicos de texturas diferentes
Title: Seasonal variation of salinity in two Flubic Neosols of different textures
Author: Hilaire, Paul-Émile
Advisor(s): Escobar, Maria Eugenia Ortiz
Keywords: Salinidade
Sodicidade
Degradação do solo
Semiárido
Issue Date: 2018
Citation: HILAIRE, P. (2018)
Abstract in Portuguese: Em áreas sob clima árido e semiárido, a salinidade e a sodicidade são problemas frequentes, mas existem poucos estudos sobre a variação temporal dos atributos no perfil desses solos, principalmente na região semiárida do Brasil. Este trabalho teve como objetivo avaliar a evolução dos parâmetros ligados à salinidade em extrato 1:1 nos períodos seco e úmido em dois solos (Neossolo Flúvico Ta Eutrófico Típico - NFET e Neossolo Flúvico Sódico Típico - NFST) localizados na Fazenda Experimental Vale do Curu, município de Pentecoste, Ceará. Após a caracterização físico-química dos horizontes do perfil dos solos, foram realizadas 6 coletas de amostras de solo nas profundidades de 0-5, 5-15, 15-25, 25-40 e 40-60 cm (3 no período seco e 3 no período chuvoso), para obtenção do extrato 1:1 e análises das variáveis CE, pH, cátions e ânions solúveis. Os resultados foram analisados por meio de estatística descritiva, calculando-se a média, mediana, valores máximos, mínimos, desvio padrão e coeficiente de variação. Nos dois solos, as variáveis foram comparadas dentro das camadas estudadas e no perfil nos dois períodos. Considerando o perfil, a maioria das variáveis apresentou distribuição assimétrica enquanto que nas camadas a distribuição foi normal. O pH apresentou valores que pouco variaram no perfil do solo e apresentaram baixo CV (entre 5,45 e 6,93%). A condutividade elétrica, cálcio, potássio, e cloreto apresentaram os maiores valores na primeira camada (0-5 cm) e também altos CV (>62%). O teor de sódio solúvel não variou de forma significativa nos períodos seco e úmido, fato atribuído à grande mobilidade do sódio que no NFET foi controlada pela irrigação. Em contrapartida, no NFST a manutenção da concentração de sódio e cloreto solúveis da camada superficial é devida à diluição da água da chuva e ao movimento superficial da água e, no período seco, é causada pela baixa contribuição do sódio das camadas inferiores devido à baixa condutividade hidráulica. Os valores do pH no NFST, relativamente baixos para um solo sódico, indicam que o mesmo é um solo em processo de degradação.
Abstract: In arid and semi-arid areas, salinity and sodicity are common problems, and there are few studies about the temporal variation of attributes in the profile of these soils, mainly in the semi-arid region of Brazil. This work aims to evaluate the evolution of the parameters related to salinity in the 1:1 soil:water extract in different periods of humidity (dry and rainy) in two soils (Entisol Typic Torrifluvents - ETT and Entisol Sodic Torriarents - EST) located at the Vale do Curu Experimental Farm, Pentecoste, Ceará. After physical and chemical characterization of the horizons of both soils, 6 collections of soil samples were performed at 0-5, 5-15, 15-25, 25-40 and 40-60 cm dephts (3 in the dry season and 3 in the rainy season) in order to obtain the 1:1 extract (soil:water) and analyze the variables CE1:1, pH, soluble cations and anions. For all variables, descriptive statistical analysis was performed by determining mean, median, maximum, minimum, standard deviation and coefficient of variation. In both soils, the variables were compared inside the studied layers and in the profile for both periods. Considering the profile, it was observed that most of the variables showed asymmetric distribution, whereas in the layers the distribution was normal. The pH values varied little in the soil profile and had lower CV (between 5.45 and 6.93%). Electrical conductivity, calcium, potassium, and chloride showed the highest values in the first layer (0-5 cm) and also high CV (> 62%). The soluble sodium concentration did not change significantly in dry and humid periods due to the great sodium mobility which was controlled by irrigation in the NFET. On the other hand, in the NFST, sodium and chloride concentrations in the superficial layer were maintained low due to the dilution by rainwater and surface water movement, whereas in the dry period it was caused by the low sodium contribution from the lower layers due to their low hydraulic conductivity. The pH values in the NFST, relatively low for a sodic soil, indicate that it is a soil under degradation.
Description: HILAIRE, Paul-Emilie. Variação sazonal da salinidade em dois Neossolos Flúvicos de texturas diferentes. 2018. 70 f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36600
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPCS - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_philaire.pdf2,79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.