Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36324
Title in Portuguese: Estágios de mudança de comportamento e percepção de barreiras para a prática de atividade física em acadêmicos do curso de educação física da universidade federal do Ceará
Author: Nunes, Lucas Rabelo
Advisor(s): Brito, Luciana Catunda
Keywords: Estágios de Mudança de comportamento
Percepção de barreiras
Atividade física
Issue Date: 2017
Citation: NUNES, L. R. (2017)
Abstract in Portuguese: O objetivo deste estudo foi avaliar os estágios de mudança de comportamento e a percepção de barreiras para a prática de atividade física de estudantes do curso de Educação Física da Universidade Federal do Ceará. Para analisar os Estágios de Mudança do Comportamento (EMC) utilizamos um algoritmo do Modelo Transteorético desenvolvido por Cardinal et al (1998) em versão traduzida para o português por Guedes et al (2006). O questionário de percepção de barreiras sugerido por Rigoni et al (2012) constituído de uma lista de vinte barreiras (mais a opção “outros”) foi utilizado para identificar as situações percebidas pelos estudantes como obstáculos para a prática de atividade física. A análise descritiva dos dados para as variáveis categóricas teve distribuição de frequências absoluta e percentual. Para as variáveis numéricas utilizamos a média e o desvio padrão. Na análise bivariada aplicamos o teste qui-quadrado, teste exato de fisher, e associação linear. A amostra constituiu-se de 53 acadêmicos de Educação Física, sendo a maioria do gênero masculino (58,5%), com média de idade de 20,8 ± 3,58 anos, estado civil solteiro (96,2%), relata não fumar (98,1%) e não ingerir bebida alcóolica (64,2%). Dos estudantes avaliados, 43 alunos (81,1%) eram do turno diurno e 10 alunos (18,9%) estudavam no curso noturno. O questionário socioeconômico detectou a renda média de 2,8 salários mínimos e aproximadamente 3,6 pessoas são dependentes da renda. Com relação ao estado nutricional, de acordo com o Índice de Massa Corporal (IMC), verificou-se que 62,5% (30 alunos) apresentavam estado de eutrofia, 33,3% (16 alunos) com excesso de peso e 4,2% (2 alunos) com baixo peso. A maioria dos acadêmicos relata ser fisicamente ativa de acordo com o IPAQ e com os estágios de mudança de comportamento relacionado ao exercício, e associação significativa entre estes resultados, indicando que a maioria dos que se encontrava em ação/manutenção se dizia ativo/muito ativo. Também detectou-se associação significativa entre estágios de mudança de comportamento relacionado à atividade física com a barreira “falta de espaço disponível” (p<0,05), sugerindo que a maioria dos que se encontravam em pré-contemplação/contemplação/preparação apontavam a falta de espaço disponível como um impedimento à prática de exercício regular. Podemos concluir que a maioria dos acadêmicos de Educação Física relatou ser fisicamente ativo e que a barreira indicada como impedimento pelos que se encontravam em estágios relativos à inatividade física foi falta de espaço disponível.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the stages of behavior change and the perception of barriers to the physical physics practice of students of the Physics course of the Federal University of Ceará. To analyze the Stages of Change of Behavior (EMC) uses a algorithm of the Transthemetic Model developed by Cardinal et al (1998) in the version translated into Portuguese by Guedes et al (2006). The barrier perception questionnaire suggested by Rigoni et al (2012) consisting of a list of vines barriers (plus the "other" option) was used to identify situations perceived by students as obstacles to physical practice. A descriptive analysis of the data for the variables classified with absolute and percentage frequency distribution. For as numerical variables uses a mean standard and the deviation. In the bivariate analysis we applied the chi-square test, fisher exact test, and linear association. The sample consisted of 53 Physical Education academics, the majority of the male gender (58.5%), with a mean age of 20.8 ± 3.58 years, a single civil status (96.2%), reports No smoking (98.1%) and no alcohol consumption (64.2%). Of the students, 43 students (81.1%) were known to 10 students (18.9%) studied in the night course. The socioeconomic questionnaire detects an average income of 2.8 minimum salaries and approximately 3.6 people are income dependent. In relation to the nutritional status, according to the Body Mass Index (BMI), 62.5% (30 students) presented state of eutrophy, 33.3% (16 students) were overweight and 4, 2% (2 students) with low weight. Most academics report being physically active according to the IPAQ and with the stages of exercise-related behavior change, and a significant association between these results, indicating that most of those in action / maintenance were said to be active / very active . In addition, it is necessary to detect a significant association between stages of behavioral change related to physical activity with a "lack of available space" barrier (p <0.05), suggesting that most of those who were in pre-contemplation / contemplation / Prepared indicated a lack of available space as an impediment to the practice of regular exercise. We can conclude that most Physical Education academics reported being physically active and that it is a barrier indicated as an impediment because they were in stages relative to physical physics went though available space.
Description: NUNES, Lucas Rabelo. Estágios de mudança de comportamento e percepção de barreiras para a prática de atividade física em acadêmicos do curso de educação física da universidade federal do Ceará. 2017. 47 f. Monografia (Graduação em Educação física)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36324
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:EDUCAÇÃO FÍSICA - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_tcc_lrnunes.pdf1,11 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.