Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36145
Title in Portuguese: Automatização da ventilação em galpão de frango de corte através do Índice Entalpia de Conforto (IEC)
Title: Automation of ventilation into shed of broilers through the Enthalpy Comfort Index (ECI)
Author: Queiroz, Marília Lessa de Vasconcelos
Advisor(s): Barbosa Filho, José Antônio Delfino
Keywords: Ambiência
Automação
Avicultura
Conforto Térmico.
Issue Date: 2018
Citation: QUEIROZ, M. L. V. (2018)
Abstract in Portuguese: A região Nordeste do Brasil apresenta condições ambientais que possibilitam a produção de frangos de corte em grandes escalas, contudo, o fato de as temperaturas elevadas predominarem durante todo o ano, faz com que os mecanismos artificiais de climatização se tornem uma ferramenta primordial ao conforto térmico das aves confinadas nos galpões de criação. Por outro lado, é comum observar que, geralmente, esses mecanismos são usados sem critérios, de forma que a ventilação inadequada e a nebulização excessiva poderão resultar em perdas financeiras para as granjas, uma vez que a combinação de elevadas temperaturas e umidades relativas do ar podem afetar o conforto térmico das aves. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho de um Protótipo do Sensor de Entalpia de Conforto (PSEC), na automatização da ventilação e auxílio à nebulização de um galpão de frangos de corte, de acordo com o Índice Entalpia de Conforto (IEC) e comparar os valores do índice em questão com os resultados obtidos em um galpão sem automatização, em uma granja comercial situada no município de Beberibe, Ceará, Brasil. Os dois galpões, contendo inicialmente 22.500 frangos de corte da linhagem Ross, foram acompanhados diariamente a partir da 4ª semana de alojamento, sendo que neste período foram coletados dados ambientais (temperatura e umidade relativa do ar, bem como o IEC), dados fisiológicos (temperatura retal, frequência respiratória e ganho de peso corporal) e dados comportamentais. Os dados coletados das variáveis ambientais, fisiológicas e comportamentais foram confrontados, para verificação do desempenho do galpão com e sem automatização do sistema de climatização, nos turnos da manhã e tarde. De acordo com os dados das variáveis ambientais coletadas pelo PSEC, na 4ª semana a média do IEC no galpão automatizado esteve entre 52,1 a 57,7 kJ/kg de ar seco no turno da manhã e entre 57,8 a 69,9 kJ/kg de ar seco no turno da tarde. Essas médias foram inferiores (p<0,05) as médias das miniestações meteorológicas, que apontaram valores de IEC entre 69,8 a 80,1 kJ/kg de ar seco. Devido, principalmente, aos baixos valores calculados de IEC, o PSEC não sinalizou necessidade de ventilação na 4ª semana, no galpão automatizado. Na 5ª e 6ª semana o PSEC obteve médias que apontaram uma condição de IEC de alerta, entretanto as miniestações meteorológicas apontaram condição crítica ou letal nos galpões. A análise das variáveis fisiológicas mostrou que, em ambos os galpões, as aves estavam em situação de estresse térmico. Através da Análise do Modo de Falha e seus Efeitos (FMEA) foram observadas as partes mais críticas para o funcionamento do PSEC e feitas recomendações de correções para esses processos, para assim contribuir com o aperfeiçoamento do protótipo em questão.
Abstract: The Northeast region of Brazil presents environmental conditions that allow the production of broiler chicken at large scale, however, the fact that high temperatures predominate throughout the year, makes the artificial climatic mechanisms become a primordial tool for thermal comfort of the birds confined in the breeding sheds. On the other hand, it is common to observe that these mechanisms are generally used without criteria, so that inadequate ventilation and excessive nebulization may result in financial loss for farms, since the combination of high temperatures and relative humidity can affect the thermal comfort of birds. Thus, the objective of this work was to evaluate the performance of a Comfort Enthalpy Sensor Prototype (PSEC), in automation of ventilation and aid in the nebulization of a broiler chicken shed, according to the Enthalpy Comfort Index (IEC) and to compare the values of the index in question with the results obtained in an shed without automation in a commercial farm located in Ceará, Brazil. The two sheds, initially containing 22.500 broiler chickens from the Ross lineage, were monitored daily from the 4th week of accommodation, during which period were collected environmental data (temperature and relative humidity and IEC), physiological data (rectal temperature, respiratory rate, and body weight gain) and behavioral data. The collected data from environmental, physiological and behavioral variables were confronted to verify the performance of the shed with and without automation of the air conditioning system, in the morning and afternoon shifts. According to the data of the environmental variables collected by PSEC, in the 4th week the IEC average in the automated shed was between 52.1 and 57.7 kJ/kg of dry air in the morning shift and between 57.8 to 69.9 kg/kg of dry air in the afternoon shift. These averages were lower (p<0.05) than the means of the meteorological data loggers, which indicated IEC values between 69.8 and 80.1 kJ/kg of dry air. Due mainly to the low IEC calculated values, PSEC didn’t indicate the need for ventilation in the 4th week in the automated shed. In the 5th and 6th week, PSEC obtained averages that indicated an alert IEC condition, however, the meteorological<l data loggers showed a critical condition in both sheds that differed statistically (p<0.05) from the means of PSEC. The analysis of the physiological variables showed that, in both sheds, the birds were in a situation of thermal stress. Through Failure Mode and Effect Analysis (FMEA) the most critical parts of PSEC were observed and recommendations were made for corrections to these processes in order to contribute to the improvement of the prototype in question.
Description: QUEIROZ, Marília Lessa de Vasconcelos. Automatização da ventilação em galpão de frango de corte através do Índice Entalpia de Conforto (IEC). 2018. 169 f. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36145
Appears in Collections:PPGENA - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_mlvqueiroz.pdf4,79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.