Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35928
Title in Portuguese: Manejo da Mata Ciliar e Eutrofização de Reservatórios do Semiárido Nordestino
Author: Feitosa, Leonardo Schramm
Advisor(s): Araújo, José Carlos de
Co-advisor(s): Medeiros, Pedro Henrique Augusto
Keywords: Eutrofização
Chuvas artificiais
Reservatórios
Mata ciliar
Issue Date: 2016
Citation: FEITOSA, L. S. (2016)
Abstract in Portuguese: A região semiárida compreende cerca de 70% do território do Nordeste e uma pequena porção do Sudeste do Brasil, sendo o bioma Caatinga o mais predominante, constituído por espécies de plantas caracterizadas pelas quedas das folhas (caducifólia) e pela sua capacidade de regeneração. A vegetação é bastante heterogênea, composta por um mosaico de arbustos e áreas de floresta sazonalmente seca, apresentando grande variação fisionômica e florística, constituída, principalmente, por vegetação de espécies lenhosas e herbáceas, de pequeno porte, ramificadas e, geralmente, dotadas de espinhos e caducifólias. A precipitação média anual varia entre 240 e 1.500mm, concentrada em quatro meses do ano e as temperaturas médias variando entre 26 e 28°C. Poucos estudos quantificam as alterações, na qualidade da água, como resultado do aumento ou diminuição das matas ciliares. A remoção das matas ciliares influencia na qualidade da água dos corpos hídricos, conforme os resultados de várias pesquisas. Alguns trabalhos citam a eficiência da mata ciliar com relação a capacidade em reter e assimilar os nutrientes transportados pelo escoamento superficial. As matas ciliares são florestas de contato próximo com os corpos hídricos e a sua degradação expõe o solo e, assim, facilita o transporte de sedimentos e de nutrientes e pode provocar alterações na qualidade da água dos corpos hídricos. Sendo assim, estudar as matas ciliares, como meio de proteção dos recursos hídricos, torna-se de fundamental importância para a região semiárida. O presente trabalho tem como objetivo principal de pesquisa avaliar a relação entre o manejo das matas ciliares da Caatinga, as exportações de sedimentos e de nutrientes, com o processo de eutrofização nos açudes semiáridos nordestinos. Foi realizada a caracterização da área de estudo, situada na mata ciliar do Açude Marengo, que fica no Assentamento 25 de Maio, inserido nos limites de três municípios: Madalena, Boa Viagem e Quixeramobim. Em seguida foram definidas e instaladas as áreas das parcelas de mata ciliar. Foram instaladas quatro parcelas (manejos): duas parcelas com matas ciliares preservadas – MCP com dois comprimentos diferentes (100x3m² e 30x3m²); uma parcela com matas ciliares raleadas – MCR (100x3m² e 30x3m²) e mais uma parcela sem mata ciliar – SMC (100x3m² e 30x3m²). Para a simulação das chuvas artificiais foi montado um simulador de chuvas com estrutura de irrigação que bombeava água a partir do açude Marengo e estrutura com motobomba, aspersores, tudo PVC e caixas d’água. Foram feitas simulações para separar o período das primeiras chuvas (PCH) e o período chuvoso (PC). As simulações duravam uma hora. Foram avaliados os resultados com relação a quantidade e qualidade de sedimentos, a quantidade e a qualidade dos escoamentos superficiais, avaliando alguns parâmetros físico-químicos.
Abstract: The semi-arid region comprises about 70% of the Northeast and a small portion of the Southeast of Brazil, the Caatinga biome being the most predominant, consisting of plant species characterized by leaf fall (deciduous) and its regeneration capacity. The vegetation is quite heterogeneous, composed of a mosaic of shrubs and areas of dry season forest, presenting great physiognomic and floristic variation, constituted mainly by vegetation of woody and herbaceous species, small, branched and usually endowed with thorns and deciduous. The mean annual precipitation varies between 240 and 1,500 mm, concentrated in four months of the year and average temperatures varying between 26 and 28 ° C. Few studies quantify changes in water quality as a result of increasing or decreasing riparian forests. The removal of riparian forests influences the water quality of water bodies, according to the results of several surveys. Some studies cite the efficiency of the riparian forest in relation to the capacity to retain and assimilate the nutrients transported by the surface runoff. The riparian forests are forests of close contact with the water bodies and their degradation exposes the soil and, thus, facilitates the transport of sediments and nutrients and can cause changes in the water quality of the water bodies. Therefore, studying the riparian forests, as a means of protecting water resources, is of fundamental importance for the semi-arid region. The main objective of this work is to evaluate the relationship between the management of the Caatinga riparian forests, the sediment and nutrient exports, and the eutrophication process in the semi - arid Northeastern dams. The characterization of the study area was carried out in the Marengo Açude ciliary forest, located in the 25th of May settlement, located in the limits of three municipalities: Madalena, Boa Viagem and Quixeramobim. Then the areas of the riparian forest plots were defined and installed. Four plots (managements) were installed: two plots with preserved riparian forests with two different lengths (100x3m² and 30x3m²); a plot with thinned riparian forests (100x3m² and 30x3m²) and another plot without riparian forest (100x3m² and 30x3m²). For the simulation of the artificial rains a rain simulator with irrigation structure was set up, which pumped water from the Marengo dam and structure with motor pump, sprinklers, all PVC and water boxes. Simulations were carried out to separate the period of the first rains and the rainy season. The simulations lasted an hour. The results were evaluated with respect to the quantity and quality of sediments, the quantity and the quality of the superficial flows, evaluating some physical-chemical parameters.
Description: Feitosa, Leonardo Schramm. Manejo da Mata Ciliar e Eutrofização de Reservatórios do Semiárido Nordestino. 2016. 191 f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) – Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35928
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PRODEMA - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_dis_lsfeitosa.pdf5,8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.