Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35657
Title in Portuguese: Funcionalização de superfície de vidro com organossilano
Author: Almeida Neto, Francisco Wagner de Queiroz
Advisor(s): Lima Neto, Pedro de
Co-advisor(s): Paula, Amauri Jardim de
Keywords: Organossilano
Funcionalização
APTMS
Organossilane
Functionalization
APTMS
Issue Date: 2016
Citation: ALMEIDA NETO, F. W. de. Q. (2016)
Abstract in Portuguese: Este trabalho tem como objetivo a funcionalização de superfícies de vidro e posterior caracterização usando as técnicas de Espectroscopia Vibracional no Infravermelho com Transformada de Fourier, Espectroscopia de Energia Dispersiva e Microscopia Eletrônica de Varredura, para o estudo da morfologia e características estruturais. Foram preparadas amostras em sete condições diferentes: 500 μL de APTMS em 50,0 mL de etanol por 30 e 60 minutos; 500 μL de APTMS em uma mistura de 47,5 mL de etanol e 2,5 mL de água deionizada por 15,30 e 60 minutos; 500 μL de APTMS e TEOS em 50,0 mL de etanol por 30 e 60 minutos. Após a silanização, deixou-se secar por duas horas em uma placa de Petri sobre uma chapa aquecedora com temperatura 100ºC medida em um termômetro. Ao analisar os espectros na região do infravermelho foram vistos picos em regiões características: em torno de 1600 cm-1 o movimento de bend de uma amina primária; na faixa de 2850-3000 cm-1 caracterizando o movimento de estiramento da ligação C-H; em torno de 1350 cm-1 o movimento de bend da ligação C-H, mostrando a presença dos grupos orgânicos de organossilano sobre a superfície do vidro. A confirmação da funcionalização foi também obtida através dos espectros de EDS, com os picos em 0,225 e 0,38 keV, que são característicos dos elementos carbono e nitrogênio, respectivamente. Com a funcionalização do vidro é possível modificar suas propriedades físico químicas, como a hidrofobicidade, distribuição de cargas, e também se abrem inúmeras possibilidades de funcionalização da superfície do vidro através de ligação a partir do organossilano.
Abstract: This work aims the functionalization of glass surfaces and further characterization using Fourier Transform Infrared Spectroscopy, Energy-Dispersive x-ray Spectroscopy and Scanning Electron Microscopy, to study the morphology and structural. Samples were prepared in seven different conditions: 500 μL of APTMS in 50.0 mL of ethanol for 30 and 60 minutes; 500 μL of APTMS in a mixture of 47.5 mL of ethanol and 2.5 mL of deionized water for 15,30 and 60 minutes; 500 μL of APTMS and TEOS in 50.0 mL of ethanol for 30 and 60 minutes. After the silanization, the glass pieces was left to dry for two hours in a Petri dish on a heating plate at the temperature 100ºC, measured by a thermometer. The spectra of the glass pieces in the infrared region show peaks in feature regions: around 1600 cm-1 the bending mode of primary amine; in the range of 2850-3000 cm-1 the stretching mode of the CH Bond; around 1350 cm-1 the bending mode of the CH bond. The EDS spectra show peaks at 0.255 and 0.38 keV. These peaks are characteristic of carbon and nitrogen elements, respectively. Using the functionalization of glass it is possible to modify its physicochemical properties such as hydrophobicity, charge distribution, and also opens numerous possibilities for the functionalization of glass surface through connection from the organosilane. .
Description: ALMEIDA NETO, Francisco Wagner de Queiroz . Funcionalização de superfície de vidro com organossilano. 2016. 71 f. Monografia (Graduação em Química)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35657
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:QUÍMICA - BACHARELADO - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_tcc_fwqalmeidaneto.pdf23,42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.