Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35508
Title in Portuguese: Para uma abordagem da chamada derivação regressiva em português
Author: Gonçalves, João Batista Costa
Advisor(s): Duarte, Paulo Mosânio Teixeira
Keywords: Morfologia
Derivação regressiva
Linguistas
Morphology
Struturalistic perspective
Issue Date: 1998
Citation: Gonçalves, J. B. C.; Duarte, P. M. T. (1998)
Abstract in Portuguese: Um dos assuntos mais controversos na morfologia é indubitavelmente a chamada derivação regressiva, cuja descrição difere de outras formações derivadas , se considerarmos as perspectivas sob as quais os autores encaram o processo. Esta é a razão por que decidimos dar nossa contribuição: organizar, de um modo critico, uma síntese sobre este problemático assunto. A fim de apresentar uma exposição clara sobre o tema, dividimos os autores em dois grandes grupos. Um deles é composto de filólogos e gramáticos tradicionais, tais como Ferrão de Oliveira, Maciel, Vasconcelos, Melo. Aqui discutimos a contribuição de Mário Barreto, baseada na relação entre nome de ação e verbos. Outro grupo é formado por lingüistas. Dois grupos derivados são aqui identificados, de acordo com a orientação teórica básica: a) um grupo caracterizado por autores que adotam a perspectiva estruturalista: Camara Jr., Sandmann, por exemplo; b) outro grupo formado por autores que têm em comum a abordagem gerativa, mesmo a despeito das grandes discordâncias concernentes a detalhes: Basilio, Gamarski e Lobato. Adicionalmente, referimo-nos à teoria de Basilio e a de Gamarski sobre os denominais regressivos. Toda esta revisão pressupõe as seguintes questões: a) é possivel descrever a derivação regressiva sobre parâmetros sincrônicos? b) a derivação regressiva é analisável dentro dos limites da morfologia? c) há diferença entre derivação regressiva e outros processos como a prefixação e a sufixação? d) há nomes regressivos derivados de nomes?
Abstract: One of the nost controversial subjects in morphology is undoubtfiilly backformation, whose description differs if one considers the perspectives according to which the authors face this process. This is the reason why I decided to give my theoretical contribution: to organize, ir' a criticai way, a synthesis about this intricate subject. In order to present a clear exposition about it, I divide the authors into two groups„ One of them is made up of philologists and traditional grammarians, such as: pernão de Oliveira, Maciel, Vasconcelos and Melo. Here 1 discuss Mário Barreto' s contribution based on the relations between cognate action nouns and verbs. Others groups are formed by linguistis. Two derived groups are here identified, according to the basic theoretical orientations: a) a group characterized by the presense of scholars who adopt struturalistic perspective: Camara Jr, Sandmann, for example; b) another group characterized by authors who have the generative approach in oanunon, in despite of great disagreements concerning details: Basilio, (3amarski and Lobato. Additionally 1 refer to Basilio's and Gamarskils theory on noun backformation Ali this overview presupposes the following questions: a) is it possible to describe backformation on syncronic parameters? b is backformation analisable within the limits of morphology? c) is there any difference between backformation and other processes, such as prefixation and suffixation? d) are there regressive nouns derived from nouns?
Description: GONÇALVES, João Batista Costa. Para uma abordagem da chamada derivação regressiva em português. 1998. 99f. - Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 1998.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35508
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DLV - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1998_dis_jbcgoncalves.pdf12,41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.