Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35375
Title in Portuguese: Estrutura familiar e seus impactos sobre as restrições da autopercepção dos níveis de saúde dos idosos no Brasil
Title: Family structure and its impacts on the restrictions of self-perception of elderly health levels in Brazil
Author: Cruz, Mércia Santos da
Araujo, Jair Andrade de
Paixão, Adriano Nascimento da
Keywords: Idosos
Auto-percepção
Logit ordenado
Issue Date: 2018
Publisher: Revista Ciência & Saúde Coletiva
Citation: CRUZ, Mércia Santos da; ARAÚJO, Jair Andrade de; PAIXÃO, Adriano Nascimento da. Estrutura familiar e seus impactos sobre as restrições da autopercepção dos níveis de saúde dos idosos no Brasil. Revista Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 23, n. 8, p. 2751-2762, 2018.
Abstract in Portuguese: Este artigo tem como objetivo investigar os impactos da corresidência de cônjuge e/ou filhos sobre a autopercepção de saúde dos idosos brasileiros. A base de dados utilizada foi o suplemento de saúde da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no ano de 2008. A amostra é composta de 36.551 pessoas de todas as regiões do país de áreas urbanas e rurais. Os resultados indicam que os idosos com melhor status socioeconômico e sem problemas de mobilidade física são mais propenspos a um melhor autorreporte de sua saúde, independente do gênero. Quanto ao impacto da corresidência familiar na saúde dos pesquisados, a convivência com filhas aumenta a probabilidade que a percepção seja melhor (especificamente boa ou muito boa). Ademais, os resultados são compatíveis com a hipótese de que os idosos brasileiros percebem melhor sua saúde com a convivência domiciliar com filhas e/ou cônjuge.
Abstract: The aim of the article is to investigate the impacts of co-residence over spouce and\or children on self-perceived health among Brazilian elderly. The database used was the health supplement of the National Sample Survey of Households (PNAD) conducted by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) in 2008. The sample consists of 36 551 people from all regions of the country such as urban areas and rurals. The results indicate that seniors with better socioeconomic status, who don’t have physical mobility problems are more propenspos to a better self report among their health, regardless of the gender of the elderly. Regarding the impact of co-residence family health of respondents, living with daughters increases the probability that perception is better (specifically good or very good). Moreover,- the results are consistent with the hypothesis that elderly brazilians realize better their health with home living with daughters and/or spouse.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35375
ISSN: 1413-8123
1678-4561
Appears in Collections:DEA - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_jaaraújo_estrutura.pdf302,43 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.