Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34703
Título: Uma vida dedicada ao rádio cearense, unindo jornalismo, diversão e política
Autor(es): Muniz, Adriano
Leitão, Alethéa Mourão
Cunha, Chagas
Teles, Fernanda
Dutra, Joana
Salomão, Juliana
Barros, Kiko
Fonseca, Paola
Arruda, Patrícia
Loutz, Ramiro
Ricarto, Tarciano
Muniz, Valdélio
Orientador(es): Salgado, José Ronaldo Aguiar
Coorientador(es): Jesuíno, Geraldo
Palavras-chave: Rádio
Jornalismo
Política
Família
Data do documento: 1997
Editor: Revista Entrevista
Citação: Muniz, A.; Leitão, A. M.; Cunha, C.; Teles, F.; Dutra, J.; Salomão, J.; Barros, K.; Fonseca, P.; Arruda, P.; Loutz, R.; Ricarto, T.; Muniz, V.; Salgado, J. R. A.; Jesuíno, G. (1997)
Resumo: Do rádio fez sua vida. Da política traz muita mágoa. Da família tem orgulho. E da antiga Fortaleza, uma doce saudade. Narcélio Sobreira Limaverde, 65 anos, radialista há 44, para entrar nas ondas do rádio fez concurso, para chegar na política foi pressionado. Durante as duas horas de conversa, o radialista deu espaço ao marido, que deu espaço ao pai, que também deu espaço ao amigo grato aos que contribuíram com a sua história. Deu espaço a um político frustrado, cheio de controvérsia... mas principalmente deu espaço à emoção. [...]
Descrição: LIMAVERDE, Narcélio. Uma vida dedicada ao rádio cearense, unindo jornalismo, diversão e política. Revista Entrevista, Fortaleza, n. 7, p. 17-31, dez. 1997. Entrevista concedida a Adriano Muniz, Alethéa Mourão Leitão, Chagas Cunha, Fernanda Teles, Joana Dutra, Juliana Salomão, Kiko Barros, Paola Fonseca, Patrícia Arruda, Ramiro Loutz, Tarciano Ricarto e Valdélio Muniz.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34703
Tipo: Artigo
Aparece nas coleções:ICA - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1997_art_nlimaverde.pdf1,41 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.