Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34227
Title in Portuguese: A importância do esquecimento organizacional para as organizações que aprendem
Author: Araújo, Leidiane Alves
Advisor(s): Moraes, Laudemiro Rabelo de Souza e
Keywords: Secretariado
Aprendizagem Organizacional
Desenvolvimento organizacional
Issue Date: 2014
Citation: ARAÚJO, Leidiane Alves. A importância do esquecimento organizacional para as organizações que aprendem. 2014. 59 f. TCC (graduação em Secretariado Executivo) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Fortaleza-CE, 2014.
Abstract in Portuguese: Esta pesquisa faz uma análise da importância do esquecimento organizacional para o crescimento das organizações que aprendem. O objetivo é mostrar a partir da sua importância como o esquecimento organizacional interfere no processo de aprendizagem. Com base em uma revisão literária, observa-se que as empresas necessitam desaprender conhecimentos obsoletos de sua memória organizacional para obterem maiores chances de se manter no mundo dos negócios. Deste modo, o desaprender pode ser visto como o abandono das práticas, ou até mesmo estratégias inteiras, que eram dominantes, mas que estão perdendo seu espaço frente a novas práticas ou estratégias. Cabe destacar ainda, que no estudo de uma organização do conhecimento seu ativo principal é o conhecimento, e que sua vantagem competitiva vem efetivamente desse pressuposto. E por fim, ressalta-se que o esquecimento leva a novas inovações e a renovação a novas rotinas organizações e tomada de decisão.
Abstract: This research examines the importance of organizational forgetting to the growth of learning organisations. The goal is to show from its importance as the organizational forgetting interferes with the learning process. Based on a literary review, noted that companies need to unlearn knowledge obsolete of its organizational memory to obtain higher chances of remain in the business world. Thus, the unlearning can be seen as the abandonment of practices, or even entire strategies, which were dominant, but you are wasting your space front of new practices or strategies. The study concluded that a knowledge-based organization is one in which its main asset is the knowledge, and that its competitive advantage comes effectively this assumption. Finally, it should be noted that the forgetting leads to new innovations and renewal the new routines and decision-making organizations.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34227
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:SECRETARIADO EXECUTIVO - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_tcc_laaraújo.pdf426,6 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.