Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3405
Title in Portuguese: A racionalidade pedagógica no processo de corporificação do currículo que forma o professor na universidade.
Title: Pedagogic rationality in the process of corporation of the curriculum that forms the professor in the university
Author: Campani, Adriana
Advisor(s): Therrien, Jacques
Keywords: Reforma Educacional
Racionalidade Pedagógica
Currículo
Formação de Professores
Educational Reform
Pedagogic Rationality
Curriculum
Professor’s Background
Universidade Estadual Vale do Acaraú - Currículos
Currículos - Mudança - Sobral(CE)
Professores - Formação - Sobral(CE)
Reforma do ensino - Sobral(CE)
Issue Date: 2007
Publisher: http://www.teses.ufc.br
Citation: CAMPANI, Adriana. A racionalidade pedagógica no processo de corporificação do currículo que forma o professor na universidade. 2007. 257f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2007.
Abstract in Portuguese: Apresentamos, nesse estudo, uma reflexão sobre a racionalidade pedagógica que produz a formação do professor na Universidade a partir de uma análise sobre o processo de corporificarão dos currículos das licenciaturas no contexto de reforma curricular da Universidade Estadual Vale do Acaraú, situada em Sobral-CE. Analisamos os elementos constituídores dessa racionalidade a partir das formas de subjetivação docente, produzidas pelo discurso pedagógico presente nas políticas de formação do professor nas licenciaturas no Brasil e no processo de corporificação dos currículos desses cursos no contexto de reforma curricular institucional. Defendemos a tese de que a racionalidade pedagógica produzida no processo de corporificarão dos currículos das licenciaturas na Universidade institui regras e modelos de ser e de conhecer do professor, é histórica, regionalizada e produzida no campo de luta e produção cultural; portanto, ela é uma epistemologia socialmente construída. Com base em nossos estudos teóricos, compreendemos que o discurso pedagógico sobre a formação do professor é uma prática que envolve poder-saber e técnicas de efeitos produtivos e práticos sobre os sujeitos e objetos. É um discurso que disputa formas de subjetividades e demarca diferenciações, presenças, exclusões, saberes e verdades acerca do como pensar, ser e agir do docente. Identificamos esses “dispositivos” no discurso oficial das Diretrizes Curriculares para formação de professores, que estipula regras de poder que normatiza verdades sobre os professores e sua existência e produzem formas de saberes que disputam modelos hegemônicos de subjetivação docente, cujo poder de regulação está no papel que o próprio docente passa a exercer quando sua competência é vinculada a desenvolver formas inventivas para o seu próprio aprisionamento. No entanto, a análise sobre a recontextualização desse discurso no contexto da prática de reforma curricular identificou campos discursivos de novas relações de saber-poder instituídas para resistir a essa regulação. Constatamos que as decisões curriculares nas licenciaturas da UVA foram frutos de relações conflituosas que disputaram território, identidade, autonomia e autoridade curricular com o conhecimento pedagógico na formação do professor e a racionalidade pedagógica produzida no processo de reforma emergiu das condições institucionais, a partir das quais houve interesse de mudança, mas também de regulação. Além disso, entende-se que o conhecimento corporificado no currículo é tanto o resultado de relações de poder quanto o constituidor das mesmas. A contribuição dessa pesquisa é fornecer elementos para compreender que a racionalidade pedagógica que forma o professor na universidade se estrutura em um processo arenoso de disputa de subjetividade docente.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3405
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2007_Tese_ACampani.pdf1,73 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.